segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

BOA NOITE CINDERELA.

     


     Hoje eu estou velho e acabado, mas já tive momentos melhores, pelo menos aos olhos da minha mãe e das garotas que gostavam de homens altos, simpáticos e de boa família.  E modéstia à parte; esse cara sou eu.  Meus amigos também eram bons rapazes ou o pai de um deles não nos teria permitido jogar bola na quadra do seu quintal nos finais de semana.  Muitas vezes D. Alice e o marido, donos da quadra e pai e mãe de dois desses garotos, nos chamou para almoçar. O marido se incumbiria da churrasqueira e ela das outras panelas. Sr. Otávio, pai de Otacílio e Otavinho, tinha o dobro da idade dela e talvez por conta disso, repousasse depois do almoço   D. Alice sentava com a gente enquanto o marido tirava um cochilo. Nunca, essa senhora, deixou de participar da nossa conversa por mais picante que pudesse parecer. Com ela se falava de tudo e qualquer coisa sem que nos apontasse um dedo ou puxasse a nossa orelha por abordarmos determinados assuntos ou pela maneira de discuti-los. Quando Otavinho, seu filho mais novo aniversariou ela fez uma festa, mas devido a chuva incessante a maioria dos convidados não apareceu.  Quando a festa acabou e todos se foram D. Alice nos  deu um suco verde com gosto esquisito, tipo mato triturado com água, açúcar e gelo, para beber e como ninguém disse nada eu também nada disse.  Tomei o meu e ponto final.  A bebida desceu numa boa, pelo menos ninguém se queixou. Infelizmente comigo não funcionou. De repente, assim do nada, me deu um sono tão grande que eu tive de me sentar para não cair e como os filhos já tinham subido para os quartos e deixado a mãe falando o que, certamente já estavam carecas de ouvir, acabei ficando sozinho com ela sentada na minha frente.  Eu estava tão mal que pedi que ligasse para o meu pai me buscar.  Nem bem terminei a frase e perdi os sentidos.  Quando acordei eu estava numa poltrona que ficava num quartinho nos fundos da casa e o pior era que D. Alice estava lá, deitada ao meu lado.  Gente, que mulher maluca! –  Pensei –  e como conseguiu me levar para aquele lugar sem que nos vissem ou será que Sr. Otávio era peça importante naquela engrenagem? Eu já vi muitos casos em que o marido arranjava companhia para a própria mulher.  Quando pensei em me levantar D. Alice se mexeu.  Chegou os lábios, com aquele cheiro gostoso de menta, tão junto da minha boca que não teve um só fio de cabelo que não ficasse de pé.  Certamente  para ter certeza que eu dormia.  Não dormia, mas fingia.  Então ela, com mãos de fada, abriu minha camisa, acariciou os pelos endurecido que nasciam no meu peito,  bolinou com a ponta dos dedos o bico dos meus mamilos arrepiados, desceu a mão além do meu umbigo e lá deixou ficar um bom tempo.  Tempo suficiente para eu ter certeza que pensar e falar sacanagem não é pecado.   Pecado é a pessoa, tantos anos depois, me chamar de safado sem mesmo ter conhecido a coragem de uma bondosa senhora que, com seu marido, nos deixava jogar bola na casa dela.

51 comentários:

  1. Странная история! Я не понимаю таких женщин! Почему вы называете её Золушкой! Она взросла женщина, мать ваших друзей. Она приходилась по возрасту и вам матерью. Это нехороший поступок. Если бы она была мужчиной, я бы назвала её педофилом.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Есть снотворные, которые плохие люди дают, чтобы заставить своих партнеров спать и
      когда он засыпает, крадет деньги или
      они касаются своего тела. ЭТО НАЗЫВАЕТСЯ «ЗОЛОТОЙ СПОКОЙНОЙ НОЧИ».
      Моя история восходит к 60-м годам и в то время
      для взрослого не было преступлением иметь отношения с девушками
      или детям до 18 лет.
      Поцелуй, большое спасибо за комментарий.

      Excluir
  2. Esta señora Alice, si que era de las bravas. Se tenía en secreto su amor por los jovencitos. Gracias amigo Silvio por compartir esta anécdota. Un abrazo.

    ResponderExcluir
  3. Ou seja: O prazer sentido pelo amigo SilvioAfonso foi tão grande que causou comichão na cabeça do marido da D. Alice. Oxalá esse tivesse cabelo para não se verem certas coisitas a nascer, lol
    .
    Uma semana feliz. Cumprimentos
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  4. Cheguei ao final a rir!
    Meu amigo tem um telento para escrever e uma criatividade incrível!

    Beijinho e boa semana com alegria!

    ResponderExcluir
  5. Li com curiosidade, já a contar com alguma safadeza. E assim aconteceu nesta história cheia de imaginação.
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito do que li! Muitos beijinhos¡¡ <3

    www.pimentamaisdoce.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Un despertar precioso, sea con zumos verdes o con quién sabe qué productos.

    Un abrazo

    ResponderExcluir
  8. Um texto simplesmente belo e sedutor. :)) Gostei de ler!
    PS: Não me chamo Micaela. O Nome é lindo, mas chamo-me Cidália Ferreira. :)
    -
    Parece um parto feito em plena natureza
    -
    Beijos e uma excelente semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já pedi desculpas ao Rykardo, só
      faltava pedir a você, Cidália;
      DESCULPA, MAS EU NÃO ESTAVA ME
      REFERINDO AO SEU POEMA, MAS A FORMA
      DE COMO O RYKARDO ESCREVE O DELE, POR ISSO
      ESCREVI EMBAIXO DO COMENTÁRIO DELE
      E NÃO NO RODAPÉ DA PÁGINA.
      QUANTO A TROCA DO NOME É CULPA DO
      MEU ALZHEIMER. DE VEZ EM QUANDO ELE
      ME CAUSA ESSAS PEÇAS, POR ISSO OS
      MEUS AMIGOS SÃO TÃO ESPECIAIS, POR
      ENTENDEREM AS FALHAS QUE COMETO.

      Excluir
    2. Amigo Silovioafonso

      A mim não precisa pedir desculpa. A sua amizade, ainda que virtual, tudo permite. Até permite escorregar na escrita e trocar os nomes, o qual, sendo de meninas/senhoras, é sinal que a nossa cabeça só pensa e imagina elas, lol

      Abraço

      Excluir
  9. Acho que Cinderela topou co Principinho!!!!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  10. UAU! QUE CULPA VOCÊ TEVE, NESSA HISTÓRIA? MENINO DO CÉU, QUE IMAGINAÇÃO MAIS SENSUAL, HEIM? DEU PRA FICAR FINJINDO QUE DORMIA O TEMPO TODO? KKKKKKK CREIO QUE NÃO. MAS DALI PRA FRENTE, FICOU POR CONTA DAS CABEÇAS QUE PERDEM O JUIZO, EM DETERMINADAS CIRCUNSTÂNCIAS.
    ADOREI!
    BOA SEMANA SILVIO! BEIJOS

    ResponderExcluir
  11. Caro amigo Sílvio.
    As suas histórias são hilariantes.
    Adoro passar por aqui e rir às gargalhadas.
    Das suas tontices.
    Um abracinho.
    Megy Maia💕🌹💕

    ResponderExcluir
  12. Gostaria que fosse ao meu blogue. Obrigada

    ResponderExcluir
  13. Velho e acabado? Velhos são os trapos!!!!

    ResponderExcluir
  14. Velho sim e às portas de caducar.
    (risos)

    ResponderExcluir
  15. mas que criativo
    http://retromaggie.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Oi Sílvio,
    Você me parece tão inteligente, então escreva algo que agrada as mulheres de todas as idades,
    Bom fim de semana
    Bjs
    Lua Singular

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Enquanto a plateia estiver aplaudindo ninguém
      mexe na peça. Agora, se um espectador, um só que
      seja, se atreve a criticá-la, todo mundo se volta para
      ele.
      Eu nunca vi ninguém mudar nada com aplausos, mas
      vi quando critica.
      Nenhum ator se lembra da cara de quem aplaude,
      mas não esquece a de quem o vaia, pois é graças
      a isso que as peças mudam e quando mudam é sempre
      para a melhor.
      Obrigado, Lua querida, por me dar "dicas" para melhorar
      as bobagens que escrevo.
      Um abraço para você e obrigado, de novo.

      Excluir
  17. Wowwww, tenia atracción
    por los jóvenes, muy buena
    anécdota mi amigo.

    Besitos dulces

    Siby

    ResponderExcluir
  18. Palhaço Poeta,
    Esse texto ateou fogo
    na imaginação de seus
    leitores (as), hein!
    Depois das "mãos de fada"
    e do "bolinou com os dedos"
    (...)
    a descrição arrasou!
    Texto show!
    Bjins de boa semana
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
  19. Vaya con la Señora Alicia. Muy buena la historia. Tal vez estuvieran los dos adultos en el plan. La inocencia de un niño y la desfachatez y violación de un adulto o adultos. Una historia fuerte y dura que podría ser real.
    Podría valer para una peli.
    Saludos

    ResponderExcluir
  20. Suas histórias que eu fico sempre a pensar se serão ficção ou não (isso nao interessa para o caso) são deliciosas de ler.
    Acabo sempre com um sorriso rasgado depois de as ler.
    Continue amigo, que acho muita gente gosta deste estilo de leitura, entre o humor e o real.
    Boa semana.
    Beijinhos
    :)

    ResponderExcluir
  21. Li este texto ontem, mas não consegui comentar. A neta pequenina acordou, queria brincar a irmã estava a ter aulas (Tele escola)e não deu. Pensei fazê-lo à noite mas entretanto esqueci.
    Gostei do que li. Gosto destas "crónicas" cheias de humor.
    Abraço e saúde

    ResponderExcluir
  22. Silvio, você tem um estilo próprio, muito especial, para escrever contos. A malícia os permeia, mas o toque de humor sempre fala alto, razão de agradar a todos. Abraço.

    ResponderExcluir
  23. Sua história quando você era jovem foi muito engraçada, interessante e divertida para todos nós
    Tenha uma boa semana
    Saudações

    ResponderExcluir
  24. Un ardiente amanecer supongo. Un gusto leerte amigo Poeta. Saludos.

    ResponderExcluir
  25. ¡Ay la señora Alici!

    ¡Que picara ella, eh!... Gracias por compartir lo sucedido.
    Gracia por tu visita.

    ResponderExcluir
  26. Obrigado por me ter conduzido a este seu bonito espaço
    Voltarei mais vezes

    ResponderExcluir
  27. Sílvio,
    Deixei um comentário para você ontem no meu blog.
    Se quiser dar uma olhadela, agradeço
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  28. Oi, como vai? Espero k bem, embora dormindo sozinho. Que liberdade! Já somos dois.

    Estive em seu blog, ontem à noite, e li o texto sempre com mto prazer. Você é um contador nato de histórias, k cativam o leitor. Algumas terão aspetos que já aconteceram com você, isso tenho certeza. Outras, pura invenção e talento, mas é aí que reside o interesse para quem te lê.

    Você tem sempre uma sorte danada, como vocês dizem por aí, ou seja, há sempre mulher no pedaço que tem "pena" de você e tudo pode começar por um chá, portanto, começar na boca e ir até por baixo do umbigo. E você que nem pensa nessas coisas, mas parece que as brasileiras com quem você se tem cruzado na vida, casualmente ou não, são "umas mãos largas" e não só -rs -rs rs rs!

    Você gosta de todos os blogs e todo o mundo é poeta, mas eu não sou. Escrevo com e por paixão. Eu tenho empatia com algumas pessoas, outras, nem tanto.

    Gostou do k viu e leu no meu blog. Mto obrigada! A situação é recíproca.

    Beijos e resto de feliz dia.

    ResponderExcluir
  29. Olá, Sílvio, seu conto tem um certo sentido de verdade.Será? rssssss
    É gosotoso ler e ficar imaginando a cena, culpa do suco verde, com certeza. O riso vem automaticamente, ao ficarmos imaginando a inocência do garoto. Abraço!

    ResponderExcluir
  30. Oi, a você e a todos os homens e mulheres, sempre que pode. Sim, claro que sei de quem se trata.
    Acho bem que você escreva o tal texto, mas pode "avançar" à-vontade, pois é a pessoa é mto liberal. Tenho certeza k vai ficar babando.

    Beijos e durma bem solto.

    ResponderExcluir
  31. Que boa noite Cinderela hein. Boa noite rsrs

    ResponderExcluir
  32. Oi Sílvio,
    Não sou chique, fui muito esforçada, aprendi línguas sozinha.
    Tive uma chance de viajar para o exterior e fui, mas nada como o nosso rincão.
    Eu deixei um vídeo italiano em destaque na primeira página do blog que eu traduzi, já viu? e vários outros espalhados pela internet, esses eu não traduzi. Fui criada por italianos. Sou filha adotiva.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  33. Silvio, a senhora era cheia das segundas intenções, tão bondosa ela...O cinderelo tomou um suco verde de boa noite, durma bem e acorde comigo! Kkkk...

    ResponderExcluir
  34. jjajajajaja me he reido!!!
    Esto muestra que hay que tener cuidado con las bebidas que nos ofrecen jajajajaj
    Igualmente no se si la señora era muy bonita , pero la cuestión es que parecía gustar y engatusar a los jovenes,jajjaja Que nochecita!!! Silvio Alfonso siempre sorprendes con tu picardía y buen humor. Me gusta!!!Un abrazo grande

    ResponderExcluir
  35. Essa Dona Alice era muito generosa e porque não dizer: avançadíssima, Silvio! Te deu um boa noite cinderela bem natural e, você inocente caiu na teia da aranha....Grande abraço!

    ResponderExcluir
  36. Sílvio,
    Justo a hora que acabou de comentar, estava no rascunho.
    Perdi o comentário seu
    Bjs
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  37. Suco verde danado esse!, e depois da festa, sei. E a boa senhora ainda tinha um canto secreto. Mas na verdade gostei mesmo do nome dela.

    ResponderExcluir
  38. Já não há senhoras dessas... rsrs...
    Magnífico texto.
    Bom fim de semana, caro Sílvio.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  39. Meu amigo Silvio, como sempre falo vc é um caso sério e corajoso. Penso que vc deve ter gostado imenso desse discreto boa noite cinderelo. Eita mulher generosa, e tinha que ser com vc hein amigo!
    Adorei, como sempre as suas façanhas literárias me encantam.

    Bjs no coração querido.

    ResponderExcluir
  40. Silvio, a "dona" era tão bondosa que não media esforços para o ser, até um inocente e doce drink ela preparou.
    Acho que os amigos não continuariam a ser tão amigos assim se soubessem do momento caliente da mamãe e o amigo.
    Abração, bom feriado com suas tentações,e todos cuidados!

    ResponderExcluir
  41. oi amigo,
    Tá querendo passar a perna em mim? Quem morre primeiro sou eu, pois estou beirando os 74 anos e me casei com um homem bem mais novo que eu.(quase 7 anos)kkkkkk.
    Abraços
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  42. E eu que chego de samba no pé e encontro a Cinderela!
    ehehehe!
    só pela cor me pareceu que seria algum sumo de ortigas?
    A D. Alice é que não terá bebido a tal mixórdia, pois me parece que continuou bem vivinha de corpo e de espírito, prontinha para explorar novos mundos! :)

    ResponderExcluir
  43. corrija-me as urtigas, mas não se pique!
    ahahaha

    ResponderExcluir
  44. Céus!, será que realmente, e serio: Vc tem a cabeça nas nuvens enquanto a vida passa e vamos evoluindo!? o Blog meu pontua e auxilia quem desejar me acessar. Peço humildemente que Olhe a esquerda da tela. Recebo tantos contatos que confesso mal posso dar conta.

    ResponderExcluir
  45. Verde que te quiero verde.
    La señora Alicia era lista. Jajaja!¡

    Saludos

    ResponderExcluir

POR FAVOR, NÃO SAIA DE CASA
(Se possível, fique na sua casinha,
não receba ou faça visitas. Não abrace
ou se deixe abraçar porque se você não
pegar o vírus não me mata e eu não
mato os outros.
((silvioafonso))


.