sexta-feira, 25 de dezembro de 2020

PRESENTE DE NATAL

 


De março para cá não tenho visto marido,  pai ou namorado cuidando 
da esposa, da  filha ou da namorada como cuidava antes do vírus.  Talvez porque ninguém acreditasse, por mais idiota que fosse, que uma pessoa jovem ou não, solteira ou bem casada, se permitisse ser abraçada, beijada ou mantivesse qualquer tipo de contato por mais encantador que fosse o sujeito, muito menos por um cara que além de morar sozinho e ser um bom tipo, como elas próprias confessam, se arriscariam diante daquelas unhas. Isso deveria rolar na cabeça de cada uma e daqueles com quem moram.  Mas pelo que deixam parecer não é o que acontece ou eu não teria encontrado entre uma almofada e outra do sofá da minha varanda a calcinha vermelha que a empregada, segundo disse a patroa, havia roubado. E não só a calcinha, mas grampos de cabelo e até sutiã pendurado no registro do chuveiro eu já encontrei. Pessoas de ideia fraca como essas, me lembram animais demarcando território. 
Na pia da cozinha há uns copos com marca de batom na borda a espera da empregada  voltar ilesa da quarentena para lavá-los.
Peguei o resultado do meu exame de sangue, felizmente não reagente,  me dando a certeza de não ter contaminado ou de ter sido contaminado por alguém.  É o que me faz ficar preso aqui dentro sabendo que esse tipo de exílio desencadeia males mais sérios a todos, como a morte por tédio ou por solidão.  Pena que eu nada possa fazer em socorro além de permiti-las desabafar no meu ombro a cada vez que necessitarem já que sabem que podem contar com o meu e com algumas palavras de conforto.  As vezes enfiar os dedos em seus cabelos também dá resultado, fora o hálito quente e gostoso ao pé da orelha.  Eu tenho arriscado fazer essas coisas porque até onde eu sei errar é perdoável, mas nunca por omissão.  Morrer eu sei que a gente vai um dia, mas de depressão ninguém aqui dentro morre se nem dormir sozinho eu consigo.  Talvez o amor acabe comigo nas "festas de fim de ano" pois já andam falando que a entrega dos presentes ainda não terminou.
 – Ninguém vai deixar de te dar uma lembrancinha, Sr. Silvioafonso. – Disseram do lado de fora  sabendo que as via no olho mágico, e ouvir o que falavam me enchia a boca d'água porque para elas me aparecerem só de gorrinho vermelho na cabeça e sandália alta nos pés, não custa nada.  A dúvida está no que possam fazer comigo. 

25 comentários:

  1. Espero que a noite de Natal tenha sido passada com saúde, amor, se possível com a família, e/ou amizades de coração, e que se prolongue por este dia de Natal.

    Cumprimentos poéticos.

    ResponderExcluir
  2. Feliz natal amigo, principalmente se o presente coube na meia! :D
    Esse trem de pandemia mexe com as pessoas, cada um em sua realidade, necessidades. Uns correm risco e vivem, outros são medrosos e morrem, como eu. Visitei minha mãe, mas com a cadeira na porta, de máscara (ambas), sem abraço, sem almoço, sem nossa cervejinha...E na noite de ontem só eu e filho, sem máscara, mas sem abraço, sou covarde, não tenho medo de morrer, mas temo a covid, não gostaria de morrer ou ficar com sequelas dessa porcaria, é um final muito besta pra vida.
    Gostei muito do texto!
    Abração, cuide-se!

    ResponderExcluir
  3. Olá meu amigo!
    Desejo-lhe um Natal muito abençoado, com muita saúde, amor, paz e boa comida!
    Beijo
    Micaela

    ResponderExcluir
  4. A wonderful gift! Beautiful story!
    Merry Christmas!

    ResponderExcluir
  5. Feliz Navidad ! Que traiga paz y luz a todos. Garcias por tus vista un abarazo

    ResponderExcluir
  6. Boa noite Sílvio!
    Boas Festas!
    Beijinhos floridos!
    Megy Maia🎀🎄🎀

    ResponderExcluir
  7. Hola mi amigo, espero hayas pasado
    una bella Navidad y que este nuevo
    2021 sea muy saludable para todos,
    recibe mi abrazo con carino.

    Besitos dulces

    Siby

    ResponderExcluir
  8. Amigo Poeta. Un placer leerte e imaginar... Felices fiestas. Saludos a la distancia.

    ResponderExcluir
  9. Nesta época tão atarefada as visitas têm de ser, forçosamente, rápidas… (daí o Copy & Paste, do qual peço desculpa… 😥)
    Mas eu não podia deixar de vir agradecer, em meu nome e no da Nanda, a tua presença na minha CASA.
    Aproveitando para desejar um Feliz Ano Novo não posso deixar de dizer:
    “Tu ajudaste a tornar os meus dias menos sombrios neste ano difícil que passou, e as tuas palavras fazem parte das melhores lembranças que me ficam dos 366 dias que caminhámos lado a lado (na blogosfera, claro! 😊).
    FELIZ ANO NOVO!

    (VOLTAREI PARA LER E COMENTAR, ANOTA AÍ…)

    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
  10. Hum quanta elegância nessa imagem. Tempos difíceis esses. Deixo um abraço e felicitações para um ano novo com melhores expectativas.

    ResponderExcluir
  11. Feliz Ano Novo.

    Que em 2021 possamos olhar a vida com olhos de criança, que vê beleza e sinceridade em tudo que observa, que você tenha inúmeros motivos para sorrir e que o amor, a paz, a tranquilidade, a felicidade e a saúde possam fazer parte do seu novo ano.

    Não poderia deixar de agradecer por todas as vezes que carinhosamente esteve em meu blog neste ano, espero que possamos continuar juntos nesse mundo de poesia e amizade no próximo ano também.

    Beijos

    Ani

    ResponderExcluir
  12. Te deseo unas felices fiestas de Navidad.
    Y que el año próximo sea bueno y nos traiga mucha esperanza.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  13. será que a lembrancinha está chegando?!🎅🎅

    https://www.youtube.com/watch?v=x3MpV53wvFM

    continuação de boas festas!!!
    felicidades e muita saúde :)😀

    ResponderExcluir
  14. Oi Sílvio,
    Foi difícil ler seu lindo conto natalino, tive trombose ma retina, agora uma vista atrapalha a outra.
    Gostei demais
    Feliz Natal de todos os dias.
    Adorei
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  15. Parece que o medo não chegou em seu conto rss. Lembrancinhas...
    Silvio, aproveito para lhe desejar um 2021 iluminado, que chegue com respostas e deixe no passado os tumultuados dias que temos vivido. Abraço.

    ResponderExcluir
  16. Palhaço Poeta,
    Adorei o final do
    texto que deixa a
    imaginação da gente
    trabalhar diante
    das duas últimas frases.
    Espero que tenha um
    bom domingo.
    Bjins pós natalino.
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
  17. Ainda a tempo de desejar Boas Festas. E votos que o ano de 2021 traga um bocadinho mais de os e descanso para todos.

    Beijos e abraços.
    Sandra C.
    Bluestrass

    ResponderExcluir
  18. Vamos pensar que 2021 SÓ pode ser MUITO melhor.
    Aquele abraço, boa semana

    ResponderExcluir
  19. Oi amigo
    Muito obrigada
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  20. Tambèm gostei deste post! Saudos de novo. Estou lendo algo mais no seu blog porque gosto de ler brazileiro e porque se expressa muito bem.

    ResponderExcluir
  21. No início deste dia venho te pedir paz saúde sabedoria força humildade Cristo Luz ��da Luz�� iluminai ��este meu dia�� amém ❤



    ResponderExcluir

POR FAVOR, NÃO SAIA DE CASA
(Se possível, fique na sua casinha,
não receba ou faça visitas. Não abrace
ou se deixe abraçar porque se você não
pegar o vírus não me mata e eu não
mato os outros.
((silvioafonso))


.