segunda-feira, 26 de outubro de 2020

O VÍRUS

      

      Antes do coronavírus nos deixar maluco a minha avó já falava sozinha.  Ultimamente a velha vem dando palestra e quando me pega rindo diz que eu sou implicante. – Mas como implicante, vovó, se você fala com quem ninguém vê?!   Vovó fecha a cara, pega a vassoura e me põe pra correr.  
Eu ainda vou descobrir com quem vovó bate boca quando está sozinha, mas pelo que vejo, nem mesmo ela sabe.  Nessas horas meu avô, rindo, gira o dedo na altura da cabeça como quem diz; "maluquice de sua avó, coisa da idade".  Esse negócio da mulher ficar presa com um monte de gente falando no ouvido dela dá nisso.  O homem, esse fica numa boa, mas a mulher... não.  A mulher tem afazeres, e não importa se é domingo ou feriado que ela cai dentro.  Arruma a casa enquanto a turma toma café. Depois vem o almoço e as louças para cuidar. À tarde tem o lanche e a noite o jantar para fazer.  Tudo a tempo e a hora  enquanto os outros se refestelam aos pés da TV. Isso quando não estão  implicando comigo,  como diz a bondosa senhora.  Agora me pergunta se alguém se oferece para lavar um prato, varrer a casa ou tirar à mesa depois de comer, pergunta!  Claro que não e se pergunta é por perguntar ou para atrapalhar quem levanta cedo, faz tudo o que é pra fazer e na hora de dormir muitas vezes o cansaço não deixa.
Esse coronavírus está nos deixando neuróticos. Ontem, no consultório médico uma amiga me disse que o cara que estava sentado ao seu lado teve um acesso de tosse. No mesmo momento um velho, do outro lado da sala,  soltou um baita de um pum.  Me pergunta pra que lado eu corri?   Disse ela.   Pro lado do velho, ora bolas.  Pro lado do flatulento.  É melhor sentir cheiro de podre do que perder o olfato, não é mesmo?   Concluiu ela, sorrindo. 
 Espero que a pandemia passe logo pra gente não pegar o bendito do vírus quando for à caixa pra ver se o auxílio social caiu na conta. Não é nada, não é nada, são 600 reais.  Quer dizer, 110 dólares que o governo, tão generoso, nos dá pra passar o mês inteirinho.  Pena que tenhamos de dormir na fila pra receber u'a senha que dará direito a sacar os trocados. Eu queria muito que tudo mudasse logo depois.  Não que mudasse para a melhor, mas que mudasse de maneira que as gerações futuras pudessem saber que os profissionais da medicina fizeram o que puderam pra salvar minha vida, com o risco da sua e de suas famílias.  Eu espero que a partir daí tudo fique como foi feito para ser e não é.

46 comentários:

  1. Very messy times, and we do not see yet the light at the end of the tunnel.
    There are people who have recovered from the virus, but after a while they suffer of some very disturbing symptoms that require again hospitalization.

    ResponderExcluir
  2. Gostei de ler. Quando o vírus virar sazonal como a gripe, e tenhamos de apanhar uma vacina todos os anos, como já apanhamos da gripe. Excetuando os donos de laboratórios que decerto estarão mais ticos tudo o resto vai ficar na mesma. Quem era rico, continua rico, quem era pobre continua pobre, continuamos a massacrar a natureza e a olhar de lado quem consideramos diferente de nós. Porque o ser humano é assim. Sem jeito.
    Abraço, saúde e boa semana

    ResponderExcluir
  3. Este virus no solo es una enfermedad para los humanos también mata a las economías.

    ResponderExcluir
  4. Estou acolhida aqui no seu blog, cheguei a pouco e já me sinto bem, nada como uma poesia para reflexões em dias tão reflexivos como os atuais. Retribuindo o carinho que deixou no meu blog! Amei!!
    O Blog da Jack

    ResponderExcluir
  5. Bom dia , Afonso! Essa pandemia está a nos deixar malucos! Creio que não é só a vovó... precisamos nos extravasar ou piramos de vez... Sua crônica tem uma ambiência fantástica! Grande abraço. CONTINUE SE CUIDANDO, AMIGO.

    ResponderExcluir
  6. A esperança é só o que temos para nos agarramos à vida com unhas e dentes. Esta tragédia que nos cerca está a deixar as pessoas nervosas e cheias de ansiedade. Gostei do seu texto como sempre gosto.
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  7. Adorei os caminhos do texto!
    Meu caro, estaria mais esperançosa se tivéssemos uma linha nesta pandemia, mas o trem nem passou e ainda há todas essas falácias soltas por aí para confundir as pessoas em relação ao perigo ou não da doença, das vacinas...Cansada, quero ir para Cuba, nem sei como está a pandemia por lá, mas quero ir, não aguento mais essa turma bizarra da 5ª série no poder. Vida de vovó não é fácil!
    Abração, boa semana, Silvio!

    ResponderExcluir
  8. Boa tarde, Silvio
    Gostei de ler a sua divertida crônica.
    Esta pandemia está dando o que falar.
    Vamos que vamos nos cuidando.
    Aqui, meu marido e eu já pegamos.
    Ainda bem foi leve.
    Tenha uma semana abençoada.
    Um grande abraço.
    Verena.

    ResponderExcluir
  9. Palhaço Poeta,
    Dura realidade muito
    bem descrita.
    Bjins de boa nova semana
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
  10. Seus textos são sempre adoráveis. A realidade assustadora permeada com esse natural bom humor. Espero que um dia se possa recordar tudo isso sem precisar falar sozinho rss. Abraço.

    ResponderExcluir
  11. Muito bom de se ler! Só não vejo o fim, da pandemia!:/
    --
    Algo vai morrendo lentamente
    -
    Beijos, e uma excelente semana

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Tempos muito complicados...

    É mais um, dos muitos que tem havido.

    Por exemplo, em 1920...

    É sina...

    Boa semana para si e os seus!

    ResponderExcluir
  13. E o Brasil está entregue a um louco cruel e incompetente.
    Aquele abraço, boa semana

    ResponderExcluir
  14. Triste realidad amigo Poeta. Esto no se acaba y nos esta volviendo locos a todos.... Saludos.

    ResponderExcluir
  15. Oi, Silvio!
    Realidade com doses de humor! Gostei de ler!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  16. SílvioAfonso, realmente precisamos de partilhar a boa disposição como "vacina" para estes tempos peçonhentos que poem as vovós, e não só, a falar sozinhas!

    deixo-lhe aqui este link, poderá ver como estão os portugueses
    e a vovó lusitana!!!

    https://www.youtube.com/watch?v=zKJznWgiZuI

    Então se tosses
    Não me tocas (não quero saber de beijos)
    Não me toca (não quero saber de abraços)
    Não me toca, isso é um meio de transmissão

    Então se tosses
    Não me tocas (não quero saber se faço bem
    Não me toca (não quero saber se faço mal)
    Não me toca, o Corona é o vilão

    ResponderExcluir
  17. Boa noite Silvio!
    O mundo anda louco!
    Não sei quando estas duras realidades vão parar!
    Desejo - lhe muitos dias abençoados!
    E que o sorriso nunca deixe de os abraçar!🌺💜🌺
    Megy Maia🌈

    ResponderExcluir
  18. Olá amigo! Espero que essa pandemia passe logo mesmo e que tudo volte a ser como antes. Deve ter boas histórias com sua vózinha!
    Gostaria muito de saber sua opinião sobre uma postagem nova que eu fiz lá no blog!
    Beijos,
    Paloma Viricio❤️

    ResponderExcluir
  19. pois nos aqui em França esta cada dia que passa muito piore ja nem sabemos o que pensar de tudo isto pois esta muito complicado bjs coragem saude

    ResponderExcluir
  20. É... E há quem trate o Covid-19 como uma gripezinha!

    ResponderExcluir
  21. Oi Silvio;
    Em outubro novas eleições aqui no meu Estado entre
    os candidatos 2 já foram prefeitos e 2 vices mais aquela cambada
    que pega carona... o que eu quero dizer com isto em relação ao seu texto como sempre muito bom; "O brasileiro é esquecido", pra não dizer outra coisa; fico triste porque quando morre um profissional da saúde morre anos de conhecimento.
    Boa entrada de mês de novembro.

    ResponderExcluir
  22. Tens toda a razão!
    Aproveito para desejar a continuação de uma boa semana!


    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram | Youtube

    ResponderExcluir
  23. Eu não sei se esse negócio vai passar. Porque o mundo mergulha na chamada segunda onda, enquanto por aqui as pessoas já se descuidam de uma forma assustadora. Eu tomo meus cuidados: os mesmos do início. Quanto ao seu texto: mais um texto incrível.

    ResponderExcluir
  24. Es muy interesante todo lo que contas; con humor eso es bueno para soportar la realidad. Me paso esta semana de llevar a mi hija al hospital y sentir una paranoia; cada vez que alguien se acercaba o tosia. Ya no estamos volviendo locos todos jaja.
    Besos Silvio!!

    ResponderExcluir
  25. Silvio... espero, com fé em Deus que essa coisa vai passar logo.
    Além de derrubar a saúde da Nação, ela derrubou a economia e minha empresa está fechada!!!
    Quanto a sua Vó falar sozinha, ela poderia responder o que EU respondo:
    Adoro conversar com pessoas inteligentes!!!
    Pronto!

    ResponderExcluir
  26. Além do mais, a mídia e os políticos estão sorrindo com os roubos e a destruição da economia da nação...pois implantaram o medo...
    O medo é tanto que até o amigo escreve sobre isso... POR FAVOR NÃO SAIA DE CASA...
    E quem como eu que precisa sair???????

    ResponderExcluir
  27. esta era pandêmica foi
    causando crises econômicas em todo o mundo.
    Ninguém sabe por quanto tempo essa pandemia terminará em breve.
    Tenho pais que também são muito idosos, onde tenho que cuidar muito dela para que ela esteja sempre saudável.
    Só podemos ser pacientes e continuar orando para que essa pandemia possa acabar logo.
    Mantenha-se saudável, mantenha-se energizado e otimista com sua vida.
    Tenha um bom dia
    Saudações.

    ResponderExcluir
  28. Un relato muy simpático con la abuela. Me gusto mucho ese dicho de:
    mas vale oler mal, que perder el olfato, :))).
    Este virus nos trae de cabeza a todos, y los políticos en todos los lugares son unos incompetentes con este asunto.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  29. Boa noite da Indonésia, Silvio. Eu também acompanhei seu blog. Todos nós esperamos que esta pandemia passe logo, que nossas orações e esperanças se tornem realidade.
    O mundo está saudável novamente e a economia está de volta aos trilhos.
    Saudações

    ResponderExcluir
  30. Texto escrito com humor e com um pendor crítico.

    Gostei muito, caro Sílvio Afonso.

    Abraço

    Olinda

    ResponderExcluir
  31. Olá Silvio boa noite de sábado.Nem preciso dizer que me vi no espelho de sua vó! Kkk .Rindo do começo ao fim da crônica perfeita!Você tem o dom de escrever a verdade com humor palatável rsrsrs tragédias já bastam as que vivemos! Obrigada pela visita. Abração.

    ResponderExcluir
  32. Estes tempos estão perigosos pra se viver... melhor embrenhar-se no trabalho de casa para não morrer da cura.
    Bom Novembro, com mais saúde!
    Bjs

    ResponderExcluir
  33. Prezado Sílvio Afonso, estou maníaca por desinfetantes, mas a pandemia está voltando com uma segunda onda, e começa a para as atividades lá na Europa. Sinceramente, espero que haja remédio que acabe com o vírus. Enquanto isso, desejo paciência para você e aos seus, porque é necessária essa boa vontade, mais ainda e agora. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  34. Oi Silvio,
    Obrigada pela visita, e por gostar do meu simples espaço;
    Boa entrada de mês de novembro.

    ResponderExcluir
  35. Hello, I saw you started following my blog so I am going to follow you too. Have a good day

    ResponderExcluir
  36. Continua com excelente humor, mas a história do covid-19 não deixa só a vovó doidinha da cabeça, se a pandemia continua por muito tempo também ficamos.
    Bj saúde

    ResponderExcluir
  37. Quando e SE o SARS-CoV-2 entrar na "comunidade" dos vírus sazonais, nada ficará como estava. Entretanto, as economias terão colapsado, ma dúzia de multimilionários terão enriquecido para além do imaginável, a classe média terá perdido quase tudo e os poucos pobres que não tiverem morrido de doença, frio ou fome, ter-se-ão transformado num insuportável incómodo até para os mais humanistas...

    Deixe a vovó falar enquanto pode, Sílvio!

    Forte abraço!

    ResponderExcluir
  38. Olá, Sílvio!
    Venho agradecer e retribuir o beijo que deixaste no meu Rol.
    Mas... como gostei muito de te ver por lá, não deixo um mas mil beijos.
    Bom domingo, muita saúde.

    ResponderExcluir
  39. Hola Silvio, por lo visto en tu país, como en el mio, los mayores pagan el pato por este maldito virus. Muy simpática tu abuela.

    Saludos.

    ResponderExcluir
  40. Silvio do céu vc não tem jeito amigo, me fez rachar o bico de tanto rir, esse seu humor é o que há de melhor pra desopilar.
    Eu nem sei pra onde correria. Adorei sua criatividade.
    Bjs no coração e na palma da mão.

    ResponderExcluir
  41. This was very interesting to read, thank you! I hope there's a vaccine for the virus soon.

    ResponderExcluir
  42. Tal como o meu ultimo poema é triste e real.
    Porém, a beleza do conto transcende a triste realidade em que vivemos.
    ZCH

    ResponderExcluir
  43. Olá, Sr. Sílvio, boa noite!
    Retribuindo a sua visita no meu blog e agradeço por me seguir e já estou te seguindo aqui.
    Vamos torcer para esta pandemia acabar logo.
    Um ótimo final de semana pra você. Sucesso!
    Um abraço,
    Lauren
    http://aprendendocommamae.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  44. Hola, ojalá podamos volver a la normalidad, esto se hace largo.
    Buena semana.
    Saludos

    ResponderExcluir

POR FAVOR, NÃO SAIA DE CASA
(Se possível, fique na sua casinha,
não receba ou faça visitas. Não abrace
ou se deixe abraçar porque se você não
pegar o vírus não me mata e eu não
mato os outros.
((silvioafonso))


.