quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

NEM UM SORRISO...

         

      Passei o dia inteiro da casa pro portão e do portão pra casa esperando por ela. A noite o meu rabo levantou um montão de poeira por conta de sua chegada, mas ela nem a migalha de um boa noite me deu. Passou por mim como se eu fosse um cachorro. Subiu as escadas que vão dar no quarto, fechou a porta e foi dormir. Uma palavra de carinho, um sorriso ou um cafuné se me desse já resolvia, mas não deu. Talvez pelos meus olhos expressarem a alegria por vê-la voltar para onde saiu tão cedo ou, quem sabe, por conta do meu rabo bater adoidado sempre que ela chega ou ainda, essa minha língua cumprida que não para dentro da boca. Mas não faz mal não. Se ela me perguntar amanhã se eu fiquei triste eu digo que não mesmo tendo dado voltas e voltas em torno do rabo e deitado no mesmo lugar, mas dizer que fiquei triste não digo não. Jamais diria. Do que adiantaria falar se falar não resolve. Se falar resolvesse alguma coisa eu seria o primeiro a sair gritando por aí quando ela estivesse doente até que sarasse ao invés de ficar deitado embaixo dessa mesa com os olhos grudados, como estão, na porta do quarto dela.

16 comentários:

  1. Tem dia que a gente fica
    sem assunto, mas não fica
    sem amor, mesmo que seja
    de "quem" leva chutes e
    passa foras por aí.
    Um abraço Isamar e bom dia.

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde. Um texto bonito:))

    Hoje : Tempo incerto numa acalmia que dói

    Bjos
    Votos de uma óptima Quinta - Feira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por se dispor
      a comentar, Larissa.
      Recomende-me ao Gil,
      por favor.
      Beijos ao casal.

      Excluir
  3. Que belo texto, Silvio A!Os cães sentem saudade e quando a recompensa não vem, voltam a sentir saudade, como se não houvesse desprezo, voltam a esperar.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Gostei de ler estas bonitas palavras
    Abraço
    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - Vou ter Gêmeos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz quando o
      amigo é visto no meu
      quintal. O espaço é
      teu, Kique. Fique o
      quanto quiser.
      Um abraço e feliz sexta-
      feira 13.

      Excluir
  5. A dor do desprezo, da insensibilidade, é particularmente sentida pelos seres mais sensíveis.
    Aquele abraço, bfds

    ResponderExcluir
  6. Hey, I really like this post and all your blog: D
    I am following you and invite you to me
    https://milentry-blog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Olá querido amigo Silvio,
    Não existe amor maior que dos nossos amigos cães, eles dão carinho sem querer nada em troca e ficam todos felizes quando estamos por perto. Amor incondicional, precisamos do exemplo dos animais nos dias atuais onde o amor e a compaixão se perderam no tempo.
    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Bonito texto, poeta. Triste mas muito belo.
    Abraço e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  9. Palhaço Poeta,
    Mais um texto que tem
    bem a ver com o dia a dia.
    Mas as vezes é só
    cansaço mesmo, não é
    indiferença.
    Belo texto.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.