sábado, 24 de agosto de 2019

O SERMÃO DO PASTOR



     Eu juro que vi Elzevir transando a irmã, por trás, no fundo do terreno onde moravam.  O pior não foi o encesto, mas o tempo que levei pra dizer que ia contar pro pai dela.  Sim, porque se eu saísse dando com a língua nos dentes o irmãozinho, que tinha cinco anos a mais do que eu, certamente, os quebraria.  Primeiro eu falei pra irmã mais nova que falou pra pecadora.  Depois veio um bilhete marcando um encontro comigo naquela noite, na saída do culto.  Eu precisava estudar para melhorar minhas notas, mas larguei tudo e fui pra frente da igreja esperar por ela, quer dizer, por eles, porque o irmão e mais três  garotos vieram pra cima de mim.  Sorte que eu os vi antes e pude correr.  Correr pra casa deles onde Seu Hermes me recebeu com um sorriso desse tamanho achando que eu tinha “aceitado Jesus”.  Só que não, porque naquela idade eu não queria  nenhum compromisso além da escola pra tomar o meu tempo. Momentos depois Dona Martha chegou com os filhos que, ao me virem conversando com o pai deles, Jesus amado, foi uma puxação de saco tão grande que até seu Hermes desconfiou e se não fosse a esposa mencionar o sermão do pastor eu nem sei o que teria acontecido.  Cinco minutos depois a encestada me chamou num canto pra perguntar o que eu tinha ido fazer lá e eu, claro, menti que tinha ido pra contar “aquele negócio” pro pai dela.  Elzinha quis chorar, mas pegou minha mão e olhando nos meus olhos com o azul dos dela, me subornou;  – se eu deixar você por  a mão dentro do meu sutiã você esquece “essa coisa”?  
   Até hoje, tantos anos depois, ainda tento esquecer “essa coisa”, mas quem me garante que um dia eu vá conseguir?!

9 comentários:

  1. Puxa! Há coisas ruins de esquecer. Rsrsrs
    Abraço e bom fim-de-semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suas palavras, como a sua
      presença são petiscos de
      abelha; doces.
      Um beijo assim, respeitoso,
      mas, com sacarose.

      Excluir
  2. O amigo se safou correndo.... cena que eu queria ver...!!
    Eu pergunto.. o amigo enfiou a mão???
    Ou queria enfiar outra coisa????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Às minhas vistas o moleque
      não tem mais de 10 anos ou
      estaria o blogueiro divagan-
      do?!
      Vlw,irmão.

      Excluir
  3. Palhaço Poeta,
    Aposto que nunca mais
    vai esquecer o efeito
    dessa proposta. A propósito:
    adorei a imagem.
    Feliz sábado
    Puxa... e que pena
    que aquele sábado passou
    tão rápido...
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Abusei da nossa amizade falando
      do seu trabalho na página alheia.
      Desculpe, tamojunto e um beijo.

      Excluir
  4. Boa tarde...

    Numa visita, para marcar apenas presença, esperando a vossa compreensão... devidos a compromissos inesperados:-Existem desejos que esperam - | Poetizando e Encantando |

    Bjos
    Votos de um óptimo Fim-de-semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Larissa, minha jovem. Tu
      não sabes com que alegria
      te recebo no meu espaço,
      digo, no nosso espaço.
      Um beijo pra ti e pro Gil
      um aceno (risos)

      Excluir
  5. E exactamente o que é que tenta esquecer?
    O que estava dentro do sutiã??? :))))
    Aquele abraço, boa semana

    ResponderExcluir


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.