sexta-feira, 13 de julho de 2018

O BOBO DO REI.

       As sandálias rasteiras e o longo disfarçando a silhueta era o que se podia ver da criatura que tal qual a brisa que lambe a cara e me desalinha os cabelos  passa sorrindo para onde o queixo aponta. Pegadas, de pés que alicerçam a obra e mal tive o privilégio de ver, somem com o passar do vento.  Das pernas, que a sombra da seda branca encobre, talvez não soubesse tanto pois certamente me matariam se eu as tivesse visto.  
Tudo o que a mim foi possível ver me excitou, e o que a seda escondia não só conta o que a minha imaginação faz questão de criar como me escala para coadjuvar a história.  Olhos de melaço, cabelos de areia, seios de menina pintada de bronze pelo sol agudo do posto 6, pensamentos de mãe de pós-parto. Ela é assim, e  foi assim, desfilando a incógnita da mulher  perfeita que cruzou meu caminho como se nascida com essa intenção tivesse. Até atrasou a passada como se a intenção de instigar com seus olhos de melaço de cana os demônios dos meus ela quisesse. A guerra da mulher desejável  e o Gigante, que depois que a conheci, já não era tão grande, estava por fim declarada.  Gigante da verdade, de paz e de coerência, ora se prostra aos pés da mulher  que despretensiosa o enfeitiça com  voz segura de quem sabe o que fala, enquanto, curvado aos encantos da feiticeira ele mente, imposta a voz e nega a felicidade que sente.  Era o desespero de quem não podia sucumbir na primeira batalha.  Não tivesse o bobo da corte contado à princesa a mesma piada que contara à rainha e ela, sorrindo, talvez o escolhesse para seu cavalheiro, mas não.  Acabou denunciado pelo rei aos guardas que o jogaram no calabouço úmido da indiferença onde, condenado por plágio da própria obra,  morrerá de amor e de vergonha, com ela no pensamento.

26 comentários:

  1. 💌Que texto mais
    bonito e gostoso de ler.
    Parece água boa que
    refrescando sacia.
    Bjins e Abraço,ta sr. Palhaço Poeta
    CatiahoAlc.💌

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro mentiras, por isso
      minto também.
      Te amo, Cátia. E que teu
      marido não me ouça...

      .

      Excluir
  2. Bom dia Poeta.
    Parabéns pelo belíssimo texto :))

    Acordo, recordo-te em meu coração.

    Bjos
    Votos de uma óptima Sexta - Feira

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde, muita imaginação que é agradável de ler, o texto é perfeito.
    Bom fim de semana,
    AG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muita gentileza sua, Antônio.
      Obrigado, boa noite e bom fim
      de semana.

      .

      Excluir
  4. Muito bom este texto, meus parabéns.

    Arthur Claro
    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou honrado com a presença
      do amigo.
      Obrigado por isso e boa noite,
      Arthur.

      .

      Excluir
  5. Um belíssimo texto. Adorei
    Abraço e bom fim-de-semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado meu amor.
      Um beijo e bom fim
      de semana, também.

      .

      Excluir
  6. Se usasse o jargão da minha profissão diria: com um traço latente de tropicalidade.

    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qualquer coisa e do jeito
      que você disser será motivo
      de aplauso, até porque, somos
      seus fãs.

      Uma beijoca e obrigado pelas
      palavras.

      ;

      Excluir
  7. Um ótimo texto.
    Você escreve com muita criatividade.
    Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O seu comentário é a
      medalha que tenho no
      peito. Honra-me com
      isso.

      Beijos, Adriana. Mui-
      tos.



      .

      Excluir
  8. Gosto dos seus contos e da sua companhia, Sílvio Afonso.
    Mais um interessante... sempre na 1ª pessoa...
    Excelente fim de semana.
    Beijo
    ~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Majo, meu anjo.
      Enquanto o mocinho sacar
      antes do bandido eu falarei
      na primeira. Depois, para
      não sair do set, aceitarei a
      coadjuvação da segunda e
      até figurante na terceira, se
      for preciso.

      Beijos, beijinhos e beijocas.



      .

      Excluir
  9. Boa noite Poeta!
    Um texto lindamente escrito, do jeito que a imaginação gosta.
    Gostei de te ver por lá. Andei um pouco ausente, mas sempre apareço.
    Minha cadeira de seguidora acho que tá vazia kkkkk, vou ocupar meu lugar.
    Um beijo, sorriso e ótimo fim de semana.
    Escrevinhados da vida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É para ouvir coisas iguais
      a estas que eu faço as mi-
      nhas orações.

      Beijo, Smareis. Muitos.


      .

      Excluir
    2. Amém!
      Ótima semana!
      Abraço grande e um beijo no coração!
      Escrevinhados da Vida

      Excluir
    3. Ah esqueci, tem nova atualização. Quando quiser passar por lá, a casa esta com a porta escancarada risos.
      Bjs!

      Excluir
  10. Bom dia Silvio.
    Um texto bonito. Eu vi o seu relato do blog da Roselia sobre o amor é saudade que tens da sua amada mãe e fiquei por demais emocionada. Muito lindo e emocionante. Mostrando o grande coração que tem meu amigo. Feliz fds. Forte abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato, Mirtes querida.
      Saudade eu tenho muitas,
      mas vontade de chorar só
      o seu comentário me provo-
      ca.

      Adorei sua visita, seu co-
      mentário e sua amizade.

      Beijos, e beijos. Muitos.


      .

      Excluir
  11. Um texto belo e majestoso!
    Beijos e um fim de semana feliz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beijos e beijos, Lúcia
      querida.
      Bom fim de semana para
      você também, amiga.

      .

      Excluir
  12. Silvio, excelente texto.
    Pequenino, bem comportado... gostei!
    Existe mesmo a mulher perfeita?
    Hum!!!!
    Beijo e bom domingo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo elogio. Quanto
      a mulher ideal, Olha o que Ne-
      ruda nos diz;
      "Um homem só encontra a mulher
      ideal quando olhar no seu rosto
      e ver um anjo e, tendo-a nos
      braços, ter as tentações que só
      os demônios provocam'.

      Um beijo, Teresa. Te amo.




      .

      Excluir


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.