segunda-feira, 23 de abril de 2018

EU TAMBÉM QUERO...

    O que D. Marinete estaria fazendo por aqui, meu Deus? Acho que vou oferecer-lhe uma carona, até porque, ontem, durante o almoço com os meus amigos em minha casa, percebi que ela estava meio caladona e sempre que nos dirigíamos a ela balançava a cabeça em resposta ou dizia um sim ou um não, simplesmente.  Até o Clóvis, que frequentava a casa dela por ser amigo do marido, percebeu. Foi sorte não ter buzinado ou o  Clóvis, que coincidentemente saía do motel na mesma hora em que ela passava por ali, teria ouvido. Agora, o que estaria D. Marinete fazendo ali enquanto ele estava no motel? Ou será que os dois...  Meu Deus, eu não quero nem pensar...  Acho que deve ser coisa da minha cabeça, só pode ser.  Esses caras não seriam tão audaciosos como a minha mente suja me obriga acreditar para fazer um negócio desses. Até porque D. Marinete e a mulher do sujeito frequentam a mesma igreja, além de serem amigas. Eu jamais teria acreditado se me tivessem dito, mas eu vi com esses olhos caramelados que talvez um dia a terra coma.
Confuso e sem saber o que fazer acelerei e fui embora.  No final do dia eis que D. Marinete bateu lá em casa.  Disse que u'a amiga contou para ela que tinha me visto em Mesquita, em Nova Iguaçu, mas que ela tinha respondido que eu jamais deixaria a zona sul para andar num lugar como aquele.
Fiquei puto com aquela conversa. Deu até vontade de voar na garganta dela, mas acabei confirmando a história;
-Não só a sua amiga me viu como eu também a vi. Ela estava saindo do motel com um dos nossos amigos.  Eu fiquei e ainda estou muito indignado com o que vi, disse-lhe eu.  D. Marinete empalideceu. Chorou de soluçar.  Depois enxugou as lágrimas com as costas das mãos e disse que foi num momento de fraqueza que tudo aquilo aconteceu.
- Eu não tenho nada com a sua vida e muito menos com a do Clóvis.  Só  acho que o seu marido, como a mulher dele merecia um pouco mais de respeito.
- O que você quer que eu faça para você me desculpar e esquecer tudo isso? Perguntou.
- Nada. Não quero que faça nada a não ser que você tenha algo em mente, já que anda cheia de surpresa ultimamente.  Respondi.
- Bem, todo mundo sabe que você tem olho em mim e nenhum homem olha para uma mulher sem pensar em levá-la para cama. Portanto eu te pergunto; o que você faria se eu aceitasse um convite seu para sair? Perguntou empertigada.
- É verdade.  Eu sempre tive olhos gordos em você, mas jamais a cantaria, até porque seu marido é meu amigo e também não tenho a cara de pau do Clóvis.  Mas já que você perguntou...
No momento em que eu a vi em Mesquita jamais acreditaria que tivesse coragem de ir onde acabou de dizer que foi, mas agora, depois da confissão, meu Jesus do Céu! Será que o marido e os filhos conhecem a mulher que os tem por esposo e filhos?  Enfim, como diz minha avó, só o marido e a mulher concordam com os segredos que têm.

25 comentários:

  1. Isso é o que se chama ganhar na lotaria :)))
    Aquele abraço, boa semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E não descontei os
      impostos, sabia?

      O lucro foi total...

      Um abraço, Pedro. E
      obrigado pelas pala-
      vras.

      silvioafonso



      .

      Excluir
  2. Bom dia. Muito bom este texto. Adorei :))

    Hoje:- Meus olhos vagueiam em teus lábios
    .
    Bjos
    Votos de excelente Segunda -Feira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu queria te dar um
      beijo pela visita
      de sempre.

      Obrigado, Larissa.

      silvioafonso



      .

      Excluir
  3. E entre marido e mulher ... já dizem os antigos:
    - Não metas a colher!!!
    bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas só entre marido
      e mulher e não entre
      mulher e amigo do
      marido, né não? (risos)

      Beijos na amiga.

      silvioafonso



      .

      Excluir
  4. Infidelidades... Com os maridos, com os amigos, com as mulheres... Gostei do modo como contou a história.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela honra da
      sua presença, Graça.

      Umba beijoca for you.

      silvioafonso


      .

      Excluir
  5. Muito bonita esta história que muitas há por aí, gostei de começar o meu dia a ler o seu cantinho.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente que convive nes-
      sa sociedade participa ou
      conhece alguém que já tenha
      participado de casos seme-
      lhantes, e como eu não que-
      ro advogar em minha própria
      defesa, vou dizer que conhe-
      ço casos e casos.

      Beijos, garota e bom dia.

      .

      Excluir
  6. Bom dia. Visitando e dizendo: Que maldade inserta na foto. Quem está de mão dada são...irmãos, lol
    .
    * Amor = Fogo que Arde em Chispas Ardentes. *
    .
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em uma situação de ousadia,
      como essa o protagonista faz
      o que o diretor mandar, até
      porque, ninguém deseja levar
      um tiro no meio dos olhos por
      causa disso, né mesmo, Gil?
      Aí a gente vira irmão, pai e
      até mãe, se necessário.

      Um abração, querido.

      .

      Excluir
  7. Que situação, hein?!

    beijos

    https://ludantasmusica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te peguei espiando aqui
      para dentro, hein!
      Isso me faz um bem, crian-
      ça, que você nem imagina.

      Um beijo, Lu e muito obri-
      dado pela carinha na minha
      página.


      .

      Excluir
  8. Uma história de infidelidades bem contada. Gostei de ler.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem tem na relação de
      amigos alguém como você,
      Elvira, não teme quanto aos
      seus comentários.
      É claro que você vai aplau-
      dir de pé, mesmo que não
      não tenha gostado.

      Um beijo, querida e muito
      obrigado por debruçar na
      minha janela.

      .

      Excluir
  9. Olá Silvio; cá estou k; acho que sua avó estava certa?
    não é não?
    Boa continuação de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como você vê, vira e mexe
      eu falo na minha avó. Já
      fiz textos falando de sua
      beleza, de sua generosida-
      de e de sua alegria, mas
      nunca encontrei motivos pa-
      ra falar de suas dores e
      suas tristezas. Acho que
      ela é uma predestinada. Que
      bom que Deus a tem recompen-
      sado pelo conjunto da obra.

      .

      Excluir
  10. Um conto sobre infidelidade, que forte! Gostei muito do que escreve! Já estou te seguindo também! Um grande abraço!

    https://eueminhaestupidez.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você é muito fofa,
      Grazi. Um beijo e
      muito obrigado pe-
      las palavras.

      .

      Excluir
  11. A lealdade é uma das coisas mais importantes do mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou com você, Diana
      querida.

      Beijos de agradecimen-
      to.

      .

      Excluir
  12. ...nenhum homem olha para uma mulher sem pensar em levá-la para a cama... ? mau, mau, isso dá que pensar Silvio !
    e numa outra versão será que ... "um homem que não olha para uma mulher tem caso com outra, ou o interesse está pelas ruas da amargura" ?! bem, no caso da D. Marinete, parece que todos olham para ela !
    Abraço
    Angela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No caso específico não, minha doce
      e querida Ângela. Pelo menos foi o
      que Sigmund Freud deixou entender
      quando disse que o mundo girava em
      torno do sexo o que deu a Niels Bohr,
      Wolfgang Pauli e John Newman, motivo
      para aplaudi-lo e dizer que, quando
      o homem está longe de uma mulher é
      porque a natureza dorme e não pensa
      reproduzir.
      Ângela, as palavras fora do texto
      não são minhas, mas a ideia, sim.

      Beijos e obrigado por tudo, inclu-
      sive por ser minha amiga.

      .

      Excluir
  13. Que conto!!! safadeza, traição, ocultos pela santidade de uma mulher serpente, enganando marido e filhos. Você é muito criativo, adoro te ler!
    Beijos!

    ResponderExcluir


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.