sábado, 7 de abril de 2018

E SE FOSSE SEU FILHO?

 
    Vocês sabem que não gosto de falar de política num espaço onde os amores de um homem por suas mulheres contam, cada um, suas próprias histórias.  Mas não posso me calar diante da sacanagem de quem chama de burro o eleitor que, segundo diz, não sabe votar e se justifica dizendo que é burro porque põe no poder aquele que o chicoteia. Eu sei que um mal governo é resultado dos votos que damos aos maus candidatos. Quando se vota mal todos sofremos com a escolha. Mas, como escolher um bom candidato se os que nos oferecem não têm qualificação para o cargo, caráter para exercê-lo e compaixão para com os que os elegem? Eu penso que fazem isso para nos induzirem ao erro. E a gente acaba errando, não é mesmo? 
Alguém duvida que o meu filho ou o seu, caso concorresse e ganhasse as eleições para presidente, fizesse um governo voltado para os ricos, ou para aqueles cuja sorte nunca lhes favoreceu? Eu acho, e você também deve achar, que ele trabalharia a favor de todos, principalmente dos mais necessitados. Certamente que não permitiria a receita federal, através do imposto de renda,  descontar dos trabalhadores um percentual igual ou maior do que desconta dos políticos e dos mais abastados, como há décadas vem acontecendo. Será que vocês achariam que o seu filho ou o meu deixaria de cobrar os impostos sobre as grandes fortunas, sobre o lucro dos bancos e das empresas que sonegam às vistas de todo mundo para saquear o bolso do pobre como eu e você, por exemplo? É claro que não. Quer dizer, é claro que ele tentaria reverter essa vergonhosa situação, mas quem somos nós para acreditar que um presidente, sozinho, possa mudar leis criadas por quem delas se beneficiam?  Olhem só; um presidente sozinho (sem o apoio da Câmara e do Senado) governa de mãos atadas e nada pode fazer a seu favor e muito menos a favor dos outros, principalmente dos pobres. Só há um jeito de mudar o rumo dessa coisa ou seja, trocar o presidente, os deputados e os senadores, porque um presidente eleito precisa do aval dessa turma às mudanças que se farão necessárias, mas,  com o mandato de oito anos dos senadores, será difícil, senão impossível, aprovar leis que os desfavoreçam.  Eu nunca vi nenhum presidente reunir a mídia para dizer que a câmara dos deputados e o senado estão boicotando o trabalho que fez em benefício do povo, como melhoria na educação, na segurança, na saúde e de novos empregos para os jovens que atingem a maioridade. Eu acho que se o presidente agisse dessa maneira suas medidas provisórias aprovadas pelos políticos da área, com certeza.
É por essa razão, por não saber em que parede está localizada a porta de saída é que eu prefiro falar do amor entre as crianças. Do desejo do homem pela mulher e do riso às coisas que digo.

42 comentários:

  1. Concordo na íntegra com o teor do texto
    .
    * Amor: Súplicas do meu sonho *
    .
    Fim de semana feliz.

    ResponderExcluir
  2. E faz bem pois falar de política ... há muito quem e mal!
    bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gracinha. Tenho 5 amigos
      que falam de política e
      só eu me atrevo falar de
      beijo, de mão naquilo e
      perto daquilo e outras
      bobagens, como eles afir-
      mam que digo. Acontece
      que, se todos jogarem limão
      na água e ninguém aparecer
      com uma colher de açúcar a
      coisa azeda.
      E depois, quem se "candidatará"
      a beber o sumo?

      Beijos, amiga. É pelo respeito
      que eu tenho a você que de vez
      em vez escrevo sobre o assunto.

      .

      Excluir
  3. Olá, Silvio!
    Assunto sério este, hein amigo!
    O tema é pertinente e está muito bem escrito mas... eu prefiro quando você me faz rir e corar.
    Amigo, não encontre a porta de saída, tá?!
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois te farei rir no próximo,
      pronto. Aliás, fazer você rir
      tem sido a minha saga. Princi-
      palmente quando troco seu nome,
      fato este que jamais se repeti-
      ra, espero. (risos)

      Beijos, minha bela amiga.

      ,

      Excluir
  4. Eu se aasim quisesse poderia
    escrever um pouco
    do muito que absorvi desse seu
    Texto,
    Entretanto opto por
    aplaudi-lo👏 em ato, palavra e emotion (que sei detestar).
    Extraordinário fim de semana,
    Viu?
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu te conheço o suficiente
      para saber de que jeito ficas
      quando a verdade bate no teu
      ombro pedindo passagem...
      Um beijo e muito obrigado pelos
      8 anos de amizade.

      silvioafonso

      .

      Excluir
  5. Estou de acordo consigo, Sílvio Afonso...
    estou de acordo consigo...
    Um fim de semana muito agradável.
    ~~~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você é muito doce,
      querida amiga.
      Um beijo desse ta-
      manho, oh! Pra vc.

      .

      Excluir
    2. Silvio, se verificar nas 'informações' da minha página do G+, encontra o link do meu blogue, a minha verdadeira página.
      Ótimo domingo.

      Excluir
    3. Já resolvi esse problema,
      meu anjo. De fato eu tinha
      muito trabalho para chegar
      aos seus pés, mas agora dei
      meu jeito. (Juro, que enquanto
      ajoelhado, jamais me atrevi o-
      lhar para cima). (risos)

      Beijos, meu anjo e bom domingo.

      .

      Excluir
  6. Gostei muito do seu texto e concordo com tudo, especialmente na parte mencionada que nós que somos induzidos ao erro por haver apenas candidatos mal qualificados.
    tenha um ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Touché Lopes disse, aí em baixo,
      tudo o que eu diria para você nesse
      momento, querida Vanessa.
      Querendo ou não a gente faz política
      o dia inteiro, mas nem todos a fazem
      do mesmo jeito. Isso porque os políti-
      cos, que confundem seus mandatos
      com profissão, nos induzem a confundir.

      Adoro quando alguém esclarecido como
      você e, felizmente, muitos aqui presen-
      te, se declaram nos comentários.

      Beijos e brigadin.

      .

      Excluir
  7. Amei o texto e concordo plenamente com você. Falar sobre crianças, o amor, a amizade e tudo o que for para levantar nosso otimismo e alegria de viver, é bem mais válido e precioso do que essa realidade atual que nos mete numa depressão grande.
    Beijos carinhosos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lúcia, quando achar que vem
      aqui em casa, por favor, me
      dá um toque. Gostaria de ter
      um bolo de milho e um refres-
      co de pitanga esperando por
      você, mas...

      Beijos, amiga. Muitos beijos.

      .

      Excluir
  8. Seu texto é muito bom, muito coerente. Quem eu conheço que fala sobre política partidária fala muito emocionalmente, como se fosse uma torcida defutebol. Poltica não é isso, política está em tudo. Sua atitude de falar sobre amor,amizade e crianças é uma bela atitude poltica. Mais pura,mais verdadeira. Um abraço, mestre..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, eu queria muito já
      ser seu amigo há muito.
      Tenho pessoas na minha rela-
      ção que usam o coração e a
      razão na hora da fala, como
      você faz nos seus comentários.

      Um abraço e muito obrigado
      por abrilhantar meus textos
      com com a sua opinião.

      .

      Excluir
  9. Visto che i politici non esaudiscono i desideri della popolazione, è meglio soffermarsi su argomenti più piacevoli...
    Buona domenica e un saluto,silvia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Che tipo di argomento
      sarebbe bello, angelo
      mio?

      Baci, mio ​​caro.


      .

      Excluir
  10. Bom dia, Um texto digno de bons escritores :))


    Hoje:- {Poetizando e Encantando } Embriagada na timidez de um sonho.
    -
    Bjos
    Votos de um Óptimo Domingo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vocês dois, hein, Larissa,
      são tão puxa saco dos amigos
      que até coro. Agora me diga;
      quem não gostaria de tê-los
      como amigo, quem?

      Beijos e adoro quando comentam
      o meu trabalho.

      silvioafonso


      .

      Excluir
  11. Tens toda razão Silvio, aquele tapinha nas costas é a sedução do político que conduz ao voto errado. e Então, haverá tema melhor pra falar que não seja o amor, seja carnal, fraternal ou ágape?
    Um texto digno de apreciação máxima! Pra vc tiro meu chapéu.
    Bj no coração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com toda a certeza.

      Beijos e abraços mil.

      .

      Excluir
  12. Há realidades que não nos podem deixar indiferentes. Texto excelente!

    Convidamos a ler o capítulo VIII do nosso conto escrito a várias mãos "Voar Sem Asas"
    http://contospartilhados.blogspot.pt/2018/04/voar-sem-asas-capitulo-viii.html

    Saudações literárias!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim você me emociona,
      cara.

      Um grande abraço.


      .

      Excluir
  13. Pois é Silvio,você tem razão!Vivendo 12 anos fora,entristece-me com o futuro da nossa Pátria amada. Penso na minha familia e amigos que ai deixei! Que triste! Oxalá que seja feita uma limpeza e que haja políticos comprometido com o bem estar do povo. Um abraço e uma feliz semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por isso que o Brasil está
      à deriva; você foi abandonar
      o barco, criança.

      Beijos.

      .

      Excluir
  14. Mais do que política eu não gosto de comentar casos judiciais que só conheço pelos relatos da imprensa.
    Ou se confia na Justiça ou estamos mesmo perdidos.
    Aquele abraço, boa semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas como diz a ministra
      Carmem Lúcia; justiça que
      tarda, falha.


      Um abração, meu amigo.

      .

      Excluir
  15. Concordo consigo, Amigo.
    Espero que o Brasil encontre depressa o seu rumo certo...
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é o que todos
      esperamos, minha jovem.

      Beijos, também.


      .

      Excluir
  16. Devemos reflectir sobre quem nos governa e denunciar o que achamos estar errado para nós e para o nosso pais.
    Gostei da sua reflexão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Magui.
      Você é muito fofa,
      meu anjo.

      Beijos.

      .

      Excluir
  17. Olá, Silvio Afonso, concordo com seu lúcido texto, e pergunto como conseguimos sobreviver a tantos gastos, uma quantia astronômica em ajuda exterior, à farra da mega propina solta aqui dentro e fora e o povo mais pobre nesse miserê infernal onde nossas Instituições estão falidas, corrompidas por manobras difíceis de aceitarmos ou entendermos por mais neurônios que pudemos ter.
    Bj, uma boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tais, eu não sei se mando soltar
      o ROBERTO JEFERSON ou coroá-lo
      rei do Brasil. Acredito que se
      ele não tivesse apontado o dedo
      para o José Dirceu, José Genuíno
      (que o inferno a este não seja tão
      quente) e outros, eu acho que a gen-
      te estaria amargando dias piores.

      Beijos.

      .

      Excluir
  18. O problema é que a corrupção está por todos os lados, mas os fanáticos políticos acreditam que os candidatos deles são melhores e perfeitos. Brigam e discutem como se política fosse uma partida de futebol com perdedores e ganhadores. A coisa é muito pior do que vemos nos noticiários. Tudo muito triste.
    Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando uma pessoa concorre
      à presidência já garante
      uma cadeira no senado, mas
      se desejar ser deputado nem
      precisa fazer campanha que
      já está eleito. Vejam a
      Dilma. Ela deveria ficar i-
      nelegível por 8 anos, como
      o Collor, mas não ficou.
      Como teve 54 milhões de vo-
      tos válidos, certamente se e-
      legerá para o senado, queren-
      do ou não os brasileiros que
      não gostam ou não torceram
      por ela. Acredito que Dilma es-
      tará entre os 54 novos ou ree-
      leitos senadores, ou seja, 1/3
      da casa.

      Beijos no dia do beijo.

      .

      Excluir
  19. Oi Silvio!!
    Por acaso hoje também falo dos politicos da minha terra e como eles pensam que nós somos burros, já os enxergamos há muito tempo mas tem tanta gente que tem emprego à conta deles, muitos empresários que beneficiam com eles que acabam sempre por ser eleitos os mesmos!!!
    Bom dia pra você!!!
    xoxo

    marisasclosetblog.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o velho ditado; "Se ficar
      o bicho pega, se correr o
      bicho come". É só escolher.

      Beijos, Marisa.

      .

      Excluir
  20. E fazes muito bem em falar de amor e de risos, falar de política é triste demais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesmo sendo o assunto
      do momento a gente faz
      ouvido de mercador...

      Beijos, Marta.

      .

      Excluir


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.