sexta-feira, 16 de março de 2018

"FÉ DE" MAIS...


    João namorava a prima de duas meninas que moravam ao lado de sua casa e que sempre fugia à casa dos tios para ver o garoto que dava saltos de alegria e até se esquecia das pipas por sua causa.
     Um dia João subiu no telhado para desroscar a linha que estava presa nas telhas.  Lá de cima deu para ver que subindo pelo outro lado avistava o quarto inteiro das meninas, mas, e se fosse pego bisbilhotando?  Bem, se ele fosse pego certamente sua mãe o proibiria de ir à rua soltar pipas e sem mostrá-las como venderia as que já tinha feito? A noitinha, como sempre, sua mãe ligou o rádio para ouvir a novela.  Não perdia um capítulo de; "Jerônimo, o herói do sertão", na Rádio Nacional. (Na época, televisão era coisa de rico e nem os vizinhos mais abastados a possuíam).  Agora sim,  existia um álibi para João desaparecer por alguns minutos.  Só precisava subir num dos galhos que dava para o telhado escolhido e depois esperar  a mãe das garotas voltar com elas do culto e pronto. João teria tempo suficiente para vê-las trocar de roupa na hora de dormir e isso seria o que de melhor pode acontecer na vida de quem tem os hormônios à flor da pele. João achava que a casa estava vazia, por isso assustou-se quando viu a luz do quarto das crianças acesa. O moleque, ajeitando-se melhor onde estava,  viu, para sua tristeza e loucura, a namorada que tanto gostava sentada no colo do tio que alisava seu corpo sem que ela nada dissesse. Refeito do susto, se é que alguém se refaz de uma covardia dessas,  João se perguntou quase chorando;  por que deixar o tio fazer isso com ela  se bate na minha mão quando a toco no peitinho por sobre sua roupa?  Aos poucos ia sendo a menina molestada sem que o garoto nada pudesse fazer.  Felizmente as primas chegaram com a mãe no minuto seguinte.  Os dois deixaram o quarto às pressas, e enquanto a namoradinha corria sorrindo  para os braços da tia o homem perguntava nervoso o por quê da demora. 
 - Ora, marido. Você sabe como é o pastor. Sempre fazendo questão de cumprimentar cada fiel por mais humilde que seja e não seria eu quem ia deixá-lo com a mão estendida - disse a mulher orgulhosa.
  Sr Hermes era um desses cristãos que dormiam abraçado a bíblia. Não permitia que as filhas saíssem sem ele ou  sua mulher.
- O mundo está cheio de gente ruim - dizia apontando o dedo para elas.
Dona Elza tinha um orgulho danado do homem que tinha por marido, pelo respeito que demonstrava e pela fé nas coisas de Deus. Enfim, Seu Hermes era um exemplo de cristão e de cidadão, como dizia D. Elza, toda orgulhosa.

16 comentários:

  1. O mais hediondo de todos os crimes, os mais nojentos de todos os vermes - os pedófilos.
    Aquele abraço, bfds

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Uma realidade que muito magoa ... e sem fim à vista!bj

    ResponderExcluir
  4. Un brano intenso e significativo, che ho molto apprezzato nella sua densa lettura
    Buon fine settimana e un saluto, Silvio, silvia

    ResponderExcluir
  5. Bom dia. Imagino quantas telhas para além de se terem partido não ficaram..."escorregadias"....
    .
    * Nosso Amor ... a alvura do Universo *
    .
    Votos de um dia feliz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você, seu danado, é muito
      espirituoso, sabia?
      Não tinha nada "escorrega-
      dio" ali, até porque não
      "chovia". Água pelo menos
      não vi cair.(risos)

      Um abraço desse tamanho,
      oh! Para o amigo.

      silvioafonso


      .

      Excluir
  6. Os textos são espelhos,
    ora da realidade,
    ora das vontades.
    Se minha percepção não
    me trai,
    João ainda terá muitas
    oportunidades nesse
    e desse mesmo telhado.
    Quanto a Fé...
    uns tem Féd'(m)mais
    outros Féd'(m)menos,
    Num é Palhaço Poeta?
    Bjins e Abraço do tamanho
    do fim de semana e da
    saudade sempre acesa.
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
  7. Pedófilos deviam ficar presos para sempre.
    Bom fim de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficar preso para que,
      amiga? Receber o auxí-
      lio detenção? Aí é mo-
      le, né? O bom é se ti-
      vesse pena de morte por
      aqui, e que Deus me
      perdoe por dizer isso.

      Beijos.


      .

      Excluir
  8. Olá Silvio!
    Gostei de o ver no meu blogue e vim retribuir a visita.
    Hoje a visita é rápida mas vou voltar, com calma, para ver e ler tudo.
    Silvio, por mais que custe a alguns ouvir, também eu sou a favor da pena de morte. Pedófilos não merecem continuar a viver, nem sequer na prisão - forca com eles.
    Abraço e bom fim-de-semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Teresa, adorei sua visita
      e principalmente as suas
      palavras.
      Um beijo e bom domingo.

      silvioafonso


      .

      Excluir
  9. Você tratou com clareza de um assunto muito delicado, o qual, infelizmente, acontece constantemente em todos os lugares. A pedofilia é um crime e concordo com pena de morte e bastante dolorosa para esses monstros.
    Abraços e um domingo feliz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lúcia, vc é um doce de
      pessoa. Adoro quando vc
      aparece e exulto quando
      fala comigo.

      Um beijo.


      .

      Excluir
  10. Passando a fim de deixar cumprimentos apalhaçados, lol
    .
    * Mãos de amor que seguram um livro fechado ( Poetizando ) *
    .
    Votos de um dia feliz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, meu amigo Gil.
      Um beijo querido e
      obrigado pelo carinho.

      .

      Excluir


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.