quinta-feira, 9 de novembro de 2017

SENTINDO AS COISAS POR TRÁS.

    

    Ela não podia acreditar que se apaixonara por um homem a quem tinha visto uma única vez em sua vida e mesmo assim não conseguia explicar se foi com alegria rara ou profunda tristeza que o mandou embora ao sabê-lo disposto a convencê-la a transar de uma forma que ele jurava ser normal entre pessoas daquela idade uma vez que não via indecência ou preconceito subjugar a parceira por trás se ambos se amavam como diziam.  A relação em questão talvez fosse um de seus sonhos como o de outras mulheres que até negam quando perguntado, mas que na verdade acreditam ser uma delícia e até se submeteriam ao ato não fosse a certeza de que só as devassas, as prostitutas e as vagabundas se prestam a esse tipo de coisa. 
    Eu, certamente, faria toda a questão do mundo poder discutir o assunto se não fosse um cara casado, mas também não ficaria nada feliz se uma audaciosa  senhora  não me escolhesse para seu cavalheiro nessa contradança.  Muitos homens se transvestem de bonzinhos, de respeitadores e cumpridores das leis da igreja, mas no fundo são uns recalcados e isso também cabe para algumas mulheres,  casadas ou não,  que se dizem filhas honradas e mães devotadas. Esse tipo de gente pode até não falar das pessoas que não estão nem aí para o que possam dizer a seu respeito, principalmente quando descobrem seus desejos e a coragem que tiveram de praticar o ato em questão, até porque, são elas pessoas bem resolvidas ao passo que os honrados e de conduta ilibada, como querem que os vejamos, choram a amargura de uma vida vazia em seus  próprios  velórios. No momento em que tais pessoas se veem sozinhas, lastimam por não terem tido um amor diferente ou uma vida prazerosa em todos os sentidos.  A vergonha é própria de uma boa educação, todos sabemos e concordamos, mas um tiquinho de pimenta, convenhamos, não é o que tira o sabor do prato. 

10 comentários:

  1. E refletir sobre seu texto ... seria ótimo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez, quem sabe, por eu não
      ter sobre o que escrever eu falasse
      essas bobagens, não é mesmo, minha bela
      Gracinha?
      Enfim, é o compromisso que nos leva a
      dizer coisas que as vezes nem os nossos
      melhores amigos, aqueles com quem
      partilhamos nossas tristezas e nossas
      alegrias, concordassem com a gente.

      Um beijo e volte mais vezes, inclusive
      disposta a dizer mais, mesmo não estando
      de acordo com o texto, mas diga o que
      vai no seu coração.

      Um beijo, de novo.


      .

      Excluir
  2. penso que há preocupações mais importantes nas relações :)
    até parece que há na foto uma epidemia de Ascaris lumbricoides!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade. As lombriguinhas
      causam essas coceirinhas, mas
      também poderia ser resultado de
      uma alimentação inadequada caso
      a Hoper não apertasse tanto os
      elásticos de suas calcinhas.

      Portugal querido, um beijo e
      muito obrigado pela presença.



      .

      Excluir
  3. Palhaço Poeta,
    Li essa sua postagem logo cedo nessa
    5a feira, todavia o tempo para deixar
    meu comentário somente agora a noite tenho.
    Eu gosto dessa forma sua de expor
    assuntos que fazem de conta não fazer parte da vida.
    Mas fazem sim, essa e todas as multiplas situações íntimas.
    Entretanto uma boa porcentagem se ruboriza, cala mas aponta o dedo.
    Outra porcentagem; lê e se necessário reflete ou ignora.
    Já uma porcentagem muito menor lê, sorri e...
    Aplaude como eu faço.
    São textos como os da obra Nelson Rodrigues, os
    de seu amigo João Ubaldo em por exemplo A casa dos Budas Ditosos
    e os seus Palhaço Poeta: tanto do livro Brisa&Furacão ou de outros
    de seus livros e lógico daqui de seu Blog, apontam para a Vida simplesmente
    como Ela É. Infelizmente a massa 'tenta' negar.
    Mas só tenta, pois entre seres dispostos a
    serem realizados, somente a eles cabe a decisão do Ato.
    Mas tenho que deixar registratar: O fantástico título
    e a Bem aplicada foto.
    E nem venha dizer a minha opinião não valer, pois
    sou LEITORA antes de qualquer outra coisa.
    Não li pro Al "ainda", mas lerei, tenha certeza.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esta página tem recebido comentários a
      respeito dos textos que nela escrevo e
      que em muitos momentos me coram, me alegram
      e em aoutros me surpreendem e indignam, mas
      nenhum, isso eu posso afirmar, me comoveu
      tanto quanto o seu que diz o que eu não soube
      ou não tive coragem de escrever.

      Um beijo minha querida amiga e muito
      obrigado por dar vida ao trabalho que
      só você sabe o quanto me custa nestes
      tempos bicudos quando a gente trabalha
      durante o dia e a noite e ainda nos falta
      tampo para o lazer que o blog no proporciona.

      Obrigado, de novo.



      .

      Excluir
  4. Acabei de ler pro Al.
    E Ele gargalhou gostosamente.
    como Vc bem sabe
    como ele faz.
    Abraço e
    Bjins em Vc e em Vcs.
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem um carinho todo
      especial para com os mais
      velhos e esse tal de Al,
      não deve ter mais idade para
      ler, ele mesmo, certas
      notícias.

      Beijos a vocês dois.


      .

      Excluir
  5. Caro amigo muitas mulheres escondem suas preferências sexuais , deve ser por medo do preconceito velado que a sociedade nega mas que todos sabemos que existe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o pior disso tudo,
      adorada Paty é que é
      a mulher quem paga
      essa conta não é mesmo?

      Um beijo, querida.

      .

      Excluir


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.