sexta-feira, 28 de julho de 2017

QUEM SERIA O DONO DELA?

   Eu não pedi pra nascer, mas se tivesse pedido, quem me garante que pediria para nascer humano? Talvez preferisse ser outro animal ou quem sabe eu quisesse ser a própria natureza mesmo errando ao colocar o nariz da gente em cima da boca, os testículos no meio das pernas e os seios da mulher na frente do peito; talvez um na frente e outro atrás fosse de bom alvitre. Mas nada como a natureza tem seus encantos. Nela existem rios com margens para a privacidade, leitos para esparramar suas preguiças, nascentes como berço e uma foz imensa para se entregar de corpo inteiro. E tem um mar para desaguar o que antes alimentou a fauna e a flora enquanto caminhava como também carrega consigo o poder da mudança. Em milhões ou bilhões de anos mudou as montanhas e os oceanos de lugar. Criou continentes, vales, precipícios, chuvas e ventos, e até se deu ao luxo de apagar do mapa o que achou ter errado. Com uma palavra é capaz de mudar o humor de uma pessoa para o bem ou para o mal, como também é capaz de salgar a lágrima de sua alegria e a da sua tristeza. Eu, portanto, queria muito ser essa tal natureza, mas pelo que vejo a natureza já tem dono ou o dono talvez seja sua própria criação.  Dessa maneira vou seguindo a minha trajetória enquanto invejo a vida que levam os outros animais.

6 comentários:

  1. A natureza é realmente fantástica. E ainda bem que não podemos interferir no destino...
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas se pudesse, o que você
      teria em mente para sugerir,
      querida amiga?
      Beijos,



      .

      Excluir
  2. Oi, Silvio!!
    Mistérios...
    Não sei o que gostaria de ser. Quem sabe apenas uma flor que quando morre despenca do galho? Noutro dia estava pensando na complicação que é para nós humanos morrer. A burocracia envolvida poderia inspirar Deus a nos dar uma nova chance! Chega de morte! Mas para isso, não poderia haver mais nascimentos... Melhor conformar com nossa finitude!!
    :)
    Beijus,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fazendo exercício e cuidando da saúde
      você vive mais tempo. Seria
      bom se com isso a gente ganhasse
      o direito a uma nova vida depois
      da morte e com direito a tudo o que
      gente quisesse, inclusive na companhia
      daqueles que deixássemos chorosos nos
      velórios. Fazendo exercício, já estou exausto
      só de falar, a gente viveria, quem sabe,
      quatro ou cinco anos a mais aqui na terra.
      Só tem um porém; passado esse tempo a dor dos
      familiares e dos amigos seria a mesma. Portanto
      é melhor deixar como está para não dar chabu.
      Beijos e obrigado pelo comentário, querida Luma.



      .

      Excluir
  3. Ela é perfeita e nós mesmo dentro de nossa imperfeição, temos em cada um de nós a divindade da criação!
    Bjos achocolatados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São sábias as tuas palavras.
      Obrigado por comentar e um abração
      por isso e por ter vindo me visitar.

      Excluir


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.