terça-feira, 22 de novembro de 2016

MELÍCIA NORDESTINA.

      Eu preciso melhorar a minha crença. Eu preciso aumentar a minha fé. Tudo que se faz nesse mundo, quando copiado, tem o privilégio dos acertos, das correções e da melhora. As vezes uma pessoa me diz alguma coisa que dois minutos mais tarde eu falo com o meu jeito, com os meus erros e acertos, com a entonação natural da minha voz mudando, talvez, não o sentido do que a mim foi dito, mas a beleza, a veracidade do fato ou a agudeza do sentido. Como eu disse, eu preciso melhorar a minha fé e acreditar que há dois mil anos uma turma falou, em palestra ou reunião de bar, de esquina ou nas festas, exatamente o que os livros sagrados garantem que teria sido dito. Entretanto um amigo me pediu que avisasse ao seu pai que chegaria mais tarde porque o carro enguiçara próximo ao bar do João e graças aos que bebiam naquele bar, que de pronto se tornaram amigos, não precisaria voltar a pé. No outro dia o amigo passou por mim e não me cumprimentou, até pelo contrário, ofendeu a minha honra e considerou falsa a amizade que eu tinha por ele. Pelo que me contaram o amigo perdeu a confiança do pai e o direito de guiar o carro dele, e tudo por eu "ter dito" que ele chegaria mais tarde por estar num bar com os amigos que bebiam. Pois é. Nem meia hora se passou desde o momento em que o cara me pediu pra avisar seu pai do enguiço do automóvel. No final das contas eu me pergunto; teria Pilatos feito e falado o que afiançam as escrituras ou a história enriqueceu o texto? E César, por que não tomou partido quando a milícia praticou booling com a garotada de vestido e cabelo cumprido? Tibério, que viu o cara ser esculachado, machucado e finalmente crucificado e nada fez, ou se fez, a história omitiu os fatos ou contou a grosso modo? A molecada que vivia em Israel estava ali, a dois quilômetros do palácio do Imperador. Aí eu me lembro de ter perdido um amigo por ter sido mal interpretado, mesmo vivendo num momento em que a Internet facilita tudo, só não multiplica os pães e os peixes e não ressuscita morto.