sexta-feira, 28 de outubro de 2016

O QUE EU ACHO DA POLÍTICA BRASILEIRA?
(Castelo).

  Infelizmente, 2/3 da população brasileira é composta 
de miseráveis, sem instrução e informação. Essa é a faixa de eleitores em que Lula tem o maior índice. Pensam eles que estão votando num "igual", um homem do povo. Mas Lula, há muito tempo, faz parte da elite brasileira que ele diz combater, muito rico, poderoso, cheio de regalias e mordomias. O eleitor do Lula é fanático, não vota com a razão, vota com a paixão, e o raciocínio lógico e objetivo não tem lugar quando entra a paixão. Ele tem carisma, é inegável, e para essa gente que vota nele não importa a quantidade inacreditável de todo tipo de falcatruas e roubalheira que o seu governo patrocina, muitas delas já comprovadas, porque a paixão abafa o raciocínio. Isto os impede de perceber que, ao votarem para a continuação desse estado de coisas, é como se estivessem dizendo: 
" - Podem continuar agindo sem respeito à ética e à moral, mentindo, roubando e repetindo todos esses crimes que nós não ligamos, até damos a maior força. Somos todos solidários". 
De certa forma, são todos cúmplices dos crimes cometidos porque os estão aprovando com seu voto. 
Faltam, principalmente, educação, valores éticos e morais, saber o que significa isso, afinal. Faltam noções mínimas de honestidade. Isso se aprende na escola que, infelizmente, o povo não tem. Será preciso que seja abolida a idéia de que se tem que levar vantagem em tudo, não importando os meios para isso. É preciso, URGENTEMENTE, abolir a crença de que todos levam alguma vantagem quando podem e, se não levam, é porque lhes falta oportunidade. E, se todos levam, então, porque não levar alguma também... 
Esta será a mais terrível herança que o governo (?) Lula deixará: 
- A banalização da corrupção como algo comum, algo que todos fazem e que, portanto, não é tão grave assim....
(Castelo)