quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

SINAL DE VIDA...

Acabei de fazer um e-mail para um amigo onde eu confessava não acreditar no que
 os meus olhos não possam ver, mas no entanto acreditava no amor das pessoas pelos animais, pelas plantas, pelo fruto do seu trabalho e no amor entre elas. Depois disso seria paradoxal dizer que acredito em Deus, mas aí eu abri uma exceção e acabei admitindo que amava o aniversariante do dia.  No e-mail que mandei, eu, entre outras declarações, disse da certeza de Maria estar sentindo as primeiras contrações que para a mulher, além da certeza de quando isso vai acontecer, é o sinal da cria pedindo passagem. Hoje, 24 não haverá surpresa alguma porque 25 é muito melhor para as comemorações, mesmo sendo final de mês. Por isso não creio que aconteça alguma coisa ou nasça alguém antes ou depois desse dia.  E a minha certeza, quanto a isso, é tamanha que já convidei alguns amigos para juntos comemorarmos a chegada daquele que já nasce com a missão de trabalhar em troca de nada. Não terá ela o direito de ir ao cinema, a ver o Mengão jogar no maraca e muito menos ver o desfile das escolas de samba na Sapucaí. Essa criança precisa crescer e ficar forte para, o mais rápido possível, subir o morro e daqui, de perto da casa, vislumbrar o tamanho da bagunça que existe lá embaixo para ele organizar. Só um cara como esse terá chance de descascar os abacaxis que existem mundo afora, mas que não comece pelo Brasil ou desistirá antes de amolar a faca ou completar maior idade. Sejas forte, criança e conte conosco para quebrar essa pedreira ou morrerás antes dos 34 anos porque disso, nem Deus, escaparia. Também estou torcendo por ti, Maria. Feliz ano novo, parabéns e 
boa hora.