quinta-feira, 1 de maio de 2014

ELA NÃO DISSE, MAS EU SEI...

Coragem de insinuar-se para um homem talvez nunca 
tivesse  tido, mas de sorrir como botões de rosas desabrochando nas manhãs primaveris, ninguém duvida.  Foi assim que de uma prosa  aonde eu dizia da curiosidade que tenho pelo desconhecido,  dos desejos que me assustam, mas teimo em tê-los e da guerra que travo a cada instante até fazer aquilo que não fiz,  que ela transformou as letras do meu texto  em notas musicais e executou, como maestrina renomada, a sinfonia que enlouqueceu meu coração.  Não se trata de poeta, escritora, artista plástica, compositora, mas escreve a sua maneira o hino da chegada, a marcha da vida desejada, canção da despedida não consentida. Só ela entende o que o coração de uma pessoa que vive trancada dentro de si é capaz de sentir por alguém que gosta, que a entende e a deseja. Só ela entende a vida e o porquê dos seus dias. Quando convidada a falar de si negou-se transferindo aos números que alimentam o leão do imposto de renda a responsabilidade de fazer cantar os rios e as cascatas para na copa das matas pintar com as cores dos seus olhos o arco-íris sobre as cachoeiras e em um novo nascer de sol mostrar o brilho de  uma pedra preciosa.  Nada a persuadiu fazer público o que lhe vai na alma, a descrever o que nela acende durante o beijo e em que parte a emoção toca mais forte nesses momentos.  Assim é a mulher que escolhi para falar de mim e, no entanto eu, que deveria ser a sua criação me vejo dela criador. 
Inteligente, bem formada, encantadora no tocante a beleza e gostosa para definir a palavra certa. Assim é e sempre foi a pessoa que nasceu para ser conhecida por todos e no entanto se esconde  envergonhada  atrás do tapume da introspecção com seu jeitinho dengoso e gostoso de mulher bonita. (Foto da Internet).

14 comentários:

  1. Bom dia.
    Belo texto e feliz mês de maio!
    Bjins
    Catiaho Alc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A obrigação levou seus
      corpos, mas não os corações.
      Sinto a presença dos amigos
      quente, juntinho a mim.

      Um beijo ao casal que gosto.



      .

      Excluir
  2. Boa tarde
    Adorei ler o texto ...


    Beijo, e uma excelente dia.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você, Cidália, sempre
      presente e gentil.
      Um beijo e obrigado
      pelo comentário.



      .

      Excluir
  3. Bom dia Silvio,
    Parabéns pelo texto bem elaborado, delicado, belo, leve,
    que apresenta ares de mistério e sagacidade...
    Achei a imagem muito bonitinha!
    Bjs e aproveita o feriado. \o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece-me que o texto
      foi visto por lentes diferentes...
      Gosto disso.

      Beijos, Clau.


      .

      Excluir
  4. Respostas
    1. Nádia, que gostoso
      ver você emaranhada
      nos meus textos...
      Um beijo e obrigado,
      amiga.


      .

      Excluir
  5. Texto lindo onde exprime tanta pureza e qualidades dessa linda mulher! Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que você, Rô, me
      comoveu...
      Beijos e obrigado pelas
      palavras.

      .

      Excluir
  6. Um texto de cumplicidades e cheio de emoção. Gostei muito.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graça, você é doce e por
      isso deve achar que cada
      flor mereça um beijo.

      Obrigado, amiga.

      silvioafonso


      .

      Excluir
  7. Bom dia poetamigo...Confesso que invejei essa moça bonita! rsrs... Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Posso entender esse amor platônico
    por tua Musa de varias formas, pois,
    você aqui se declarou de forma não direta,
    mas de forma prazerosa no que indica tua
    paixão por ela...Não sou eu que vou decifrar
    tuas palavras, mas ca dentro do peito, te entendo!
    Abraços

    ResponderExcluir


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.