sábado, 15 de fevereiro de 2014

MISTURANDO COM FARELO.


Muito cedo conheci a política, as igrejas e seus credos. 
Conheci pessoas ricas que ouviam de cabeça baixa e pobres que ditavam ordens. Vi mulher bater em homem e pai violentar sexualmente o próprio filho.  Cresci em meio a estas realidades, mas nenhuma me levou a marginalidade. 
Não falei mal dos políticos, mesmo achando que alguns são dignos de enforcamento em praça pública.  Não enrubesci com o enriquecimento de quem vende a palavra de Deus, e alguns padres e certos pastores pedófilos roubassem a congregação e fossem pegos na prática desses atos indignaria ou confundiria a minha fé. Talvez por conviver na maior parte dos meus dias com pessoas capazes de vender a própria alma para conseguir o que almejam é que eu sinta essa ânsia de vômito e mesmo assim não me permito corromper. 
Outras, que de uma forma ou de outra, dependem dos seus préstimos, são obrigadas a ouvi-las e por isso vivem na gangorra do laranja entre o faz de conta e a realidade. 
Eu sou um cara que brincou e estudou quando criança, mas aprendeu as regras do bom viver  do jeito que meus pais gostariam, inclusive respeito os que têm o poder e a consciência daquilo que eu sou capaz.  
O importante é ficar limpo, mas se viver longe dos porcos não for possível, que sujemos de excremento as botas, mas não permitamos respingar em nossas mãos.

12 comentários:

  1. Texto perfeito, concordo plenamente com suas palavras. Bjussss

    ResponderExcluir
  2. Caro Amigo:
    Como você meus irmãos e irmãs fomos criados assim dentro das rígidas regras da honestidade
    sabendo que ser honesto é obrigação e não favor.
    A corrupção, as leis criadas e não obedecidas ou cumpridas, a criação das dificuldades para gerar facilidades já deram em meus nervos e abalam o meu orgulho de ser brasileira.
    Estou preocupada com tudo que possa acontecer no futuro próximo com os eventos que estão programados para o Rio de Janeiro e NADA preparado de maneira segura com responsabilidade. Enfim, por tudo isso e muito mais, concordo em pontos e vírgulas com seu texto.
    Abração Léah

    ResponderExcluir
  3. Muy buenos pensamientos Silvio.... Muchos saludos....

    ResponderExcluir
  4. Boa noite Silvio.
    Cada ser humano, vem ao mundo
    com suas próprias habilidades, qualidades,
    e aos poucos, ate os sete anos, vai sendo
    moldado primeiro pela família e depois,
    pelos amigos, comunidade e enfim, pela sociedade
    a partir do momento em que entra na escola...
    MAs a base de tudo, ali nos seus primeiros anos de vida,
    a família e a maior responsável por moldar sua personalidade.
    junta-se a isso, a genética e a hereditariedade.
    Aprendi a temer a DEUS acima de tudo, confiar e ter fé.
    Nada de igrejas, religiões, mas fazer o bem ao outro.
    Minha vida foi tranquila, a dos meus filhos, melhor ainda...
    Do mesmo jeito que fui criada, criei os meus...Que posso dizer mais?
    Agradeço a DEUS que nunca me abandona, sempre me atende!!
    Isso penso eu, cada qual, tem suas crenças e seus pensamentos...respeito!
    Dizem que: ...a Fé move montanhas, sempre tive isso e atravessei
    somente planícies com alguns poucos, quase nada, declínios...
    Hoje você me pegou de jeito, pois o que entendi foi muito além dos meus
    devaneios...Hoje vc com certeza sera o protagonista! Bjos

    ResponderExcluir
  5. Olá, Sílvio
    Certamente os verdadeiros valores devem ser preservados com ousadia...
    Abraços fraternos

    ResponderExcluir
  6. Eu aq de novo, tempo curto mas sempre acho um tempinho pra visitar os amigos.
    Mt bom teu depoimento, ainda bem q tem pessoas como vc, q embora tenha convivido com um meio corrompido ñ se deixou corromper. Dizem q uma fruta podre coloca condena tds próximas a ela, ñ concordo, td regra tem exceções, graças a Deus por isso. Um grande abraço e cuide-se!

    ResponderExcluir
  7. Oi amigo Silvio, quanto tempo!!
    Como vai?
    Gostei muito do seu post! Concordo com o que disse, nós devemos ser nós mesmo, mas sempre sabendo o que é certo e o que é errado.
    Tenha uma ótima semana, abraços!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Sílvio! Tudo é uma questão de escolha, que bom ter escolhido certo. Procuro deixar os respingos sempre bem longe. Um abraço!

    ResponderExcluir
  9. Silvio,

    Hoje vim lhe convidar a conhecer e, se desejar, acompanhar um novo espaço onde estou postando com outros amigos.
    O Infinito Particular não existe mais por problemas do próprio Blogger.
    O espaço é de excelente qualidade e de muito bom gosto.
    Sua visita me deixará imensamente FELIZ.
    Aguardo!!!
    http://refugio-origens.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Gostei e muito do texto.
    Passei para fazer aquela visitinha!
    Beijocas!!!
    pordosolblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Olá Silvio, assim como você , eu e outras tantas pessoas da nossa época aprendemos que o respeito é primordial na vida do ser humano, na minha e infância e juventude vi de tudo que contém o seu texto, mesmo mais moderadamente já existia todas essa falcatruas, como diz o velho ditado " quem com porcos se mistura farelo come", e baseada nisso havia o receio, o temor. gostei demais da narrativa. Um abç e boa noite!

    ResponderExcluir
  12. Ei Silvio
    Palavras sensatas e verdadeiras e estou de acordo com você.
    Um abraço.

    ResponderExcluir


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.