quinta-feira, 24 de outubro de 2013

SAUDADES DE VOCÊ, MARQUINHO.



Há quatro anos você nos deixou, o que mantém nesse seu amigo e marido da sua prima a certeza da morte ser burra.  
Não me importava saber para qual time você torcia, qual igreja ouvia os seus lamentos e os amigos de sua relação, mas me importava a sua presença na hora de cada café que eu fazia. Importava, não só para mim, mas para os que o amavam como a mãe da Rebecca as suas amarguras, sua tristeza e suas lágrimas. Quantas e quantas vezes o seu grito de guerra colocou sorriso em nossa boca? Quantos foram os momentos que saímos juntos os 3 no intuito de  participar da felicidade do outro, quantos? 
Muitos, diria você se pudesse, mas também sei que são mentirosas as palavras de quem afirma ser perfeita a natureza.
 Como perfeita se permite o tempo nos roubar a disposição e a beleza do corpo enrugando a nossa pele e nos matando com o avançar da idade, com as doenças ou de saudade?
Hoje, como podem notar eu estou sofrendo de saudade. 
Saudade de quem se deixou contaminar pelo vírus da morte transmitido por alguém cujo amor jurou ter por ele.
Enfim, foi o fim. Resta-me tão somente chorar esse vazio.
Fique na paz, meu amigo. 
(A voz e a filmagem são minhas)

30 comentários:

  1. Bom dia meu amigo, por mais duro que seja aceitar a morte.. ela é só um passamento. deixa saudades certamente.. mas cada um temos um tempo e algo a cumprir.. só sei que tenho muito a fazer por aqui ainda.. e teu amigo pode ter certeza que tb esta fazendo num nivel mais sutil.. abração Silvio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu a presença e a beleza
      das palavras, Samuquinha.

      Beijos e abraços ao amigo.

      Excluir
  2. É triste a saudade, mas isso nos faz pensar na importância de viver intensamente cada momento que podemos desfrutar ao lado das pessoas que amamos, pois nunca sabemos até quando poderemos conviver juntos!!

    Tenha um dia iluminado!!
    Beijinhos!!♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari, que gostoso ter
      você aqui.
      Obrigado pelas palavras
      e, principalmente, pela
      amizade.

      Beijos.

      Excluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse cara era muito dependente
      da gente e isso era o laço de fita
      que envolvia a caixa.
      Foi uma pena perdê-lo para o HIV.
      Beijos, Bell.

      Excluir
    2. Bell, desculpe. Eu fui deletar
      o meu comentário acabei
      fazendo essa cagad#*a que
      você está vendo.
      Desculpe, por favor.
      Um beijo.

      Excluir
  4. Como é bom aproveitarmos em amor cada momento vivido com nossos queridos!
    Fica a saudade que é alimentada pelos bons momentos.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Celinha, pela
      força que me dá.

      Beijos,

      Excluir
  5. Silvio,

    Até hoje me lembro com saudades de um amigo que teve uma morte estupida. Aos 24 anos já estava formado, trabalhando e casado. Ele e a mulher morreram intoxicado por gás (banheiro). Jamais esqueci a ultima vez que o vi, num passeio, feliz, nem mesmo como estava vestido. Parece que foi ontem.

    bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal, até você veio
      enxugar as lágrimas que
      eu chorasse...
      Adoro amigo de qualquer
      hora.
      Beijos.

      Excluir
  6. Adoraria ter conhecido o Marquinhos, sinto disso.
    Não foi possível, mesmo assim participo
    da saudade da família hoje apertada e marcada pela ausência..
    Muitos lindos momentos inesquecíveis passaram juntos
    e nisso não há como minimizar a dor chamada saudade.
    Se pudêssemos, hoje seria um bom dia para
    um gostoso abraço sem a necessidade de palavras
    entre nós cinco.
    Bjins

    ResponderExcluir
  7. Oi Silvio

    De saudades todos padecemos. A vida vai nos tirando os caros, vai nos lapidando no aprendizado do desapego. Vamos seguindo, mas há dias em que parece-nos mais difícil seguir com esta ausência tão presente, e até mesmo este sentimento, esta falta, faz parte da consciência de passagem, de transitoriedade.Vida é cavalo sem rédeas exigindo boa montaria.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Van, não fique triste porque
      eu não estou sofrendo. Só
      estou com saudades, viu?
      O cara era gente fina, meu
      amigão.

      Excluir
  8. Caro Mestre : Perdi uma grande amiga esses dias e sobre ela, uma outra amiga disse : O FIM NÃO EXISTE, O QUE EXISTE É O RETORNO AO LAR PARA UM NOVO COMEÇO, UM NOVO E EVOLUÍDO DESPERTAR....Adelaide Ortiz.. Não consigo entender porque morremos, pensar assim é ter esperança e consolo. Deus te console e te abençoe; Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Toninho, há muito não
      vejo pessoa elegante e
      amiga assim, como você.
      Um grande abraço e obrigado.

      Excluir
  9. Sei não gostar de frases de outros.
    Peço licença entendendo ser essa uma frase
    boa pra esse texto de tema saudade:
    "A felicidade aparece para aqueles que reconhecem
    a importância das pessoas que passam em nossa vida."
    Clarice Lispector"

    Linda sexta-feira pro'cês,mesmo diante de tal sentimento.
    Catiaho Alc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em dezembro ou antes,
      quem sabe, a gente tá
      junto...

      Beijos ao casal.

      Excluir
  10. Homenagem sincera, do fundo da alma...Mas, Sílvio, se me permite, a natureza é perfeita sim. Nós é que inventamos atalhos duvidosos. Beijo no seu coração!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Xhirley, tava morrendo de saudades
      de você, sabia?
      Beijos.

      Excluir
  11. A vida prega muitas partidas, e a morte desse seu amigo Marquinho foi uma delas, e partida de mau gosto. Todos sabemos que a morte é a coisa mais certa que temos, mas morrer na flor da idade tem sempre um travo demasiadamente amargo.
    Depois, é darmo-nos conta mais uma vez da nossa inevitável finitude e guardar no coração todos os que se foram, tendo sido tão importantes para nós.
    A saudade só significa que eles ficarão e viverão connosco para sempre, e só desaparecerão connosco.
    xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais que bonito, Laura, você
      me disse...
      Um beijo e obrigado pelo
      comentário.

      Excluir
  12. Que DEUS o guarde em um bom lugar.
    Meus sentimentos...e como diz a musica:
    "Amigo e coisa pra se guardar do lado
    esquerdo do peito...e a sdds, dentro do
    coração e pensamentos...Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dessa vez você demorou
      para comentar o post, hein!
      Isso não é uma queixa
      da minha parte, mas você
      me acostumou mal...

      Excluir
  13. Oi Silvio,
    Acho que a compreensão da morte vai depender da crença religiosa de cada um.
    Mas é incontestável que é muito triste perder a pessoas que amamos;
    e tem dias que é normal 'sofrermos de saudade'.Isso também me acontece...
    Bjs e uma semana de paz \o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Clau. Que legal
      que você veio comentar
      o texto.

      Obrigado e um beijo.

      Excluir
  14. Caro amigo, ela não tem rosto. Vem espreitando a oportunidade.
    Foi e sempre será?
    Até quando a nossa teimosia?
    Mas dói tanto!
    Abraço. Sempre!

    ResponderExcluir
  15. Ah!
    ...voltei depois de reler o teu comentário!
    És muito gentil! :)
    Bji!

    ResponderExcluir


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.