quinta-feira, 5 de setembro de 2013

EU JURO QUE NÃO É COM VOCÊ.

Essa gente que arruma desculpa para comer em
 minha casa e até se humilha em troca de poucas moedas, 
pede  uma carona para se refestelar no ar condicionado do meu carro e fugir do calor e do aperto do busão.  Certamente é a mesma que me deixa louco de vontade de voar no seu pescoço no momento em que vira a cara 
se está bem financeiramente enquanto é capaz de se ajoelhar se precisar dos meus favores ou se estou acompanhado de figuras importantes.
Tão logo soprem os bons ventos e ela se esquece de quem lhe  estendeu a mão fazendo de conta que não a vê e se a viu, faz de conta que não a reconheceu.
Eu juro que deixar pra lá já não faz parte da minha personalidade e o fazer de conta que nada aconteceu também não faz.
Agora  eu estou propenso a disparar o repelente que manterá longe de mim esse tipo de gente, mas se não for possível, aí eu ligo o foda-se e mando todo mundo, que  me trata mal ou desfaz do meu esboço de bondade, à merda.
Este não é um alerta, um aviso ou uma queixa, mas um simples  desabafo por me achar entre aqueles que comigo se importam. Prefiro escrever um berro para o mundo a molhar 
de lágrimas o ombro dos meus poucos amigos brasileiros e daqueles que no Espírito Santo se perderam. 
Sou um companheiro razoável, não um exemplo de amizade, mas um cara que ama aqueles que me respeitam como eu os respeito, e para os outros eu faço questão de ser um encantador, um admirável desconhecido.- E viva a liberdade de expressão que nos permite dizer o que pensamos mesmo que esses pensamentos, como no meu caso, não tenham cheiro bom, cores reluzentes e muito menos valor de compra ou de venda. Vou, portanto, parabenizar as amizades verdadeiras e aquelas que se esforçam para acertar.

8 comentários:

  1. adoro pessoas que dizem o que sentem e o que pensam...muito bem..

    ResponderExcluir
  2. Caramba! Bom dia, Silvio. E olha, como te entendo! A ingratidão é um vício para alguns.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Silvio.. sabe o mais certo é estendermos a mão sem esperar ou ter aquela ansiedade de que alguém a aperte.. por mais que queiramos fazer o bem ou sermos os melhores com o proximo.. nunca devemos esperar nada em troca pois cada um de nós tem um ritmo e vibraçoes que podem agradar como a gente deseja ou nos frustar.. lindo dia amigo

    ResponderExcluir
  4. Tem muita gente assim affff, mas como disse ainda bem que podemos pelo menos no blog desabafar até o dia que não aguentarmos e falarmos mesmo pq uns abusam demais rs.

    ResponderExcluir
  5. ALGO ME INCOMODA...QUANDO ALGUÉM TE INCOMODA. EU TORÇO POR VOCÊ...SEMPRE. BEIJO

    ResponderExcluir
  6. Acho que esse tipo de gente virou praga, está cheio por ai. Valeu o desabafo. Um abraço Sílvio.

    ResponderExcluir
  7. Que belo desabafo!Meus aplausos pela coragem de afrontar a realidade." Que máscaras são estas que precisamos vestir agora e vida afora?" Adorei, invejo esta disposição de ser o que é, poeta sonhador.Forte abraço Eloah

    ResponderExcluir
  8. Silvio, eu lhe entendo!
    Ás vezes parecer tangerina (minha preferencia) espremida é muito esmagador... ainda tem gente que chupa até o bagaço e cospe fora!
    De qq maneira, alias, espero que depois de ter escrito isso já se sinta melhor, posso lhe pedir um copo d'água para refrescar meu corpo?!
    Obrigada!


    bjs

    ResponderExcluir


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.