sábado, 8 de junho de 2013

UM POUCO DE QUASE NADA...

         
Eu já recebi convite para escrever texto para  teatro, colaborar em roteiro de cinema e de livros.  Mas ao invés da minha vaidade me embalar nos braços e me levar para dormir, eu, por incrível que possa parecer perdi a droga do sono.   
Será que o céu aonde as letras pirilampeiam  estava tão escuro que até os astros de pouco brilho, como eu sei que é o meu, se tornaram indispensáveis  para amenizar o breu  que auspiciava àquela ocasião? 
Eu tenho plena convicção de que os meus antigos colegas de redação não me perdoariam pelo falso descaso com  que  eu comento o fato,  assim como tenho consciência de que acreditarão serem  frias as palavras com as quais falo da profissão que colocou o pão na minha mesa, criou e educou meus filhos e me deixa relaxar com os amigos   às margens de um piscoso rio.
Espero que eles entendam o que eu digo  por que jamais passou pela minha cabeça a hipótese de me achar especial  ou  melhor do que os outros, pois eu sei que não sou. Eu nunca me considerei um extra série ou me insinuei nesse sentido, mas também não vou induzir ninguém a pensar  que eu sou o pior dos profissionais ou caminho  nessa direção. 
Como diz um amigo meu, o  sol, como se sabe, nasce para todos. Nasce para os que brilham e para os que ficaram cegos com o brilho alheio. Ele é igual para todos e só a gente se acha diferente. Eu, é claro, dou as minhas cacetadas, mas muitas vezes acertei o dedo. E sem querer plagiar o  Palhaço Poeta e já plagiando; se eu canto, mesmo que atravessando  o samba, eu quero que me ouçam com respeito porque se o fizerem antes de mim eu me preparo para aplaudir sem cara feia.

22 comentários:

  1. Que talento.

    Bom fim-de-semana
    Selene

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São seus olhos, Selene.
      Obrigado por vir e comentar.

      Um beijo.

      Excluir
  2. é o dom que nos escolhe..
    pois "ele" sabe que faremos o melhor pra mostrá-lo ao mundo..

    bjs.Sol

    saudade de vc no parole..

    ResponderExcluir
  3. Bom dia, Silvio. Boa postagem! Saibamos aplaudir também.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Silvio.. em relação ao sol é bem verdade.. as vezes todo mundo se pega reclamando do tempo nublado.. mas o sol tá lá de cima das nuvens cheio de brilho..... e essa pescaria ai sai alguma coisa.. ou é só para passar o tempo.. lindo dia

    ResponderExcluir
  5. Olá Silvo
    Acredito que se você recebeu convites, é porque tem qualidades para isso, e ter orgulho disso é apenas reconhecer o próprio valor.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Wanderley ou Wan-derly?
      Não importa. Um escre-
      ve para o regozijo do
      meu coração e o outro
      canta adulando os meus
      meus ouvidos.

      Wanderley, um beijão,
      meu amigo, e obrigado.

      Excluir
  6. Ser o Sol entre muitas nuvens invejosas... não é nada fácil mesmo, companheiro! Brilhemos, mais nada a fazer!
    Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  7. Estimado Silvio,

    O sol nasce para todos, mas o brilho tambem ofusca os que facilmente se apagam.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E que se dane o calor
      se eu quero ser lambido
      por sua luz.

      Um beijo, amiga.

      Excluir
  8. Silvio, como sempre adoro os seus textos, são uma grande lição de vida.
    Votos de um bom Domingo.
    Beijinhos de Luz!
    Ana Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aninha, só você para con-
      firmar quando eu falo que
      amigo diz o que o outro
      amigo quer ouvir e não a
      verdade, portanto, meu an-
      jo, obrigado por mentir pa-
      ra este amigo que já gos-
      ta muito de você.

      Um beijo.

      Excluir
  9. Boa tarde, Silvio. Achei o texto muito interessante, e também penso que mesmo não colocando-se em posição especial, talento você tem.
    É bom quando reconhecem o nosso talento, ainda que em situações simples.
    Na realidade, temos a mania de não nos valorizarmos tanto.
    Não digo para sermos arrogantes, jamais, pois é ser oposto ao poeta.
    A simplicidade deve vir sempre em tudo o que somos.
    Aceite os convites, não pense que não será bom colaborar, a não ser, que seja algo que não queira realmente fazer.
    Tenha uma excelente tarde e semana de paz!
    Beijos na alma!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Patrícia, você é muito
      especial. Qualquer coi-
      sa que você fala eu ba-
      to palmas. Sou seu fã
      e felizmente você sabe
      disso.

      Beijos.

      Excluir
  10. Estamos formando o CLUBE DA PESCA, fui nessa não pesquei nada, os peixes mordem as iscas e nada, somente a de duas pessoas maravilhosas os peixes foram fisgados e retirados da água, parabéns HO e RE por ter nos dado uma lição de pesca. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O peixe, como a galinha,
      é um dos animais mais i-
      diotas que eu conheço.
      Galinha corre para fugir
      do carro, mas não sai da
      frente dele e só para quan-
      do é atropelada.
      Quanto ao peixe, este se
      ferra por comer ou ten-
      ta comer o que nem perten-
      ce a sua cadeia alimentar,
      como iscas de plástico e
      outras coisas que não tem
      a ver com pescaria.

      Lembra muito um amigo que
      tudo come e nada faz mal.

      Um beijo para ele.

      Excluir
  11. Como um homem terrível falas de mim!!!! Assim eu sinto teu cheiro a distancia..rsrsrs...
    mais falaste no MAR e dele eu estou sentindo tanta falta que me sinto doente porque do seu cheiro eu necessito para viver em PAZ..

    Um beijo bem querido no querdo escritor e amiigo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mar tem o poder do
      feitiço. É o amor em
      forma diferente do
      qua consideramos como
      normal.

      Um beijão e obrigado
      por ser minha amiga e
      estar sempre presente
      aonde estou.

      Excluir
  12. Bom dia Silvio...E o que dizer.
    Não saberia, pois não me sito a altura
    de quem recebe a visita do Sol todos os
    dias...Mas com certeza, sei bem que ele, fica por
    detrás das nuvens me contemplando e torcendo para
    que eu possa criar algo tao luminoso quanto os raios
    dele...Enfim, através das metáforas, me exponho e me
    escondo nas linhas, entrelinhas...Afinal, como disse:
    O Sol nasce para todos, mas o meu lugar ao Sol, já
    conquistei e sei que valeu a pena...
    Sabes que falo a verdade, mas as vezes, tenho vontade
    de mentir para não te agradar tanto...rsrs
    Abraços a todos dai.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você é uma das amigas que eu
      mais gosto. Pena é que não tem
      frequência nas visitas. Eu
      gostaria muito de em cada post
      ter o seu comentário para valo-
      rizá-lo e deixar o caseiro assim,
      como estou agora, feliz.

      Beijos.

      Excluir
  13. E acertou o dedo mesmo,Silvio.

    Escreve divinamente.É um dom de Deus.

    Eu amo escrever acima de tudo e nós poetamos com a verdade de nossos corações.

    Seu blog está na minha lista de blogs favoritos,claro.


    Obrigada pela visita


    Beijos,linda sexta e final de semana

    Donetzka

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto muito de você e dos
      seus comentário.

      Obrigado por ser minha a-
      miga.

      Beijos.

      Excluir


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.