sábado, 27 de abril de 2013

MAIS UM DIA DE MARIA.

"Eu soube que o meu texto emocionou você, Rachel Rocha. Por isso eu o trago dos meus arquivos para postá-lo novamente, e se o faço é por gratidão a você que tanto estimo e respeito. Obrigado, amiga".
      Estava pronto pra sair para o seu trabalho quando a mãe telefonou pedindo urgente que ele fosse ter com ela. Pelo embargo da voz o filho presumiu a gravidade do problema.
Deixou de lado a obrigação que tinha com a empresa que o contratara e seguiu em direção à oitava casa daquela rua de onde viera o pedido de socorro.  Felizmente ou infelizmente chegou a tempo de tomar no  colo o corpo ainda quente do pai que falecera.
- Ele me deu um beijo no rosto, como fazia todas as noites quando ia se deitar, virou  para o canto da cama e com o sorriso com o qual me conquistou dormiu o último e derradeiro dos seus sonos, disse-me a viúva enxugando os sofridos e chorosos olhos que de tão azuis faziam doer os meus. 
O filho abraçou o velho em sua cama e o tomou no colo como era feito com ele nos tempos de  criança para abrir o peito e gritar até perder a voz;  - pai, acorda! Acorda meu pai, fala comigo! E desabou na convulsão do pranto.
- Depois de alguns anos do acontecido o mesmo  jovem que seca no rosto uma lágrima atrevida, deita ao chão o olhar e jura que dos detalhes já não se lembra, mas a mesma memória que congelou na sua retina as melhores imagens do pai também congelou o seu coração que jamais perdoou a morte, por tê-lo matado. O seu pai era, como são todos os outros, um herói. Não um herói de capa, escudo e espada, mas um herói de caráter e vergonha, de honra e companheirismo. Ele era jovem quando conheceu a moça alta e loira, de olhos claros e muito bonita, quer nos dotes físicos e nos seus   princípios, e que vinha de um  casamento mal resolvido do qual trouxera três meninas e um garoto espevitado. O pai, agora morto,  encantara, como fora encantado pelo olhar  meigo da mulher nos quais vejo bondade em forma de pessoa e por conta disso escrevo a história que  conto agora.  Casou-se com ela  em poucos meses, para torná-la e também ser feliz anos a fio, mas precisou lutar com muitos leões em sua arena e vencê-los todos.  Como pedreiro construiu casas e prédios, pontes e calçadas para sustentar a mulher e os filhos que considerava seus. Deixou de comprar os bilhetes de cinema, do maracanã e do teatro que só os conheceu com a presença dela. Usou os domingos para trabalhar como biscateiro, mas à faculdade a todos os filhos ele levou. Formou doutor e professores. Formou homem e mulheres. Hoje, no aniversário da moça que foi um dia, ela conta a forma carinhosa como Deus levou o seu companheiro para o lado dele. Levou um exemplo que ele, Deus, nos deu como filho. O verdadeiro filho do Homem.
Parabéns Maria, pelo seu aniversário e pelo amor único que tu deste ao homem que de tão digno, de filho me chamava.
[A você, mulher dos olhos de todas as cores onde o verde predomina e que ao meu lado ouviu, entre lágrimas, o conto que eu conto, o meu beijo de companheirismo e de amor].

10 comentários:

  1. Bem triste a história! E uma bela e poética descrição de sentimentos de saudades. A saudade fala alto neste texto mesmo! Parabéns por saber tão bem escrever um texto poético!

    Bom final de semana!

    ResponderExcluir
  2. Un gusto enorme pasar por tu gran blog, saludos y éxitos, te invito de manera cordial a que visites el mío y leas el último poema que publique ahí, se titula “Ciudad Superficial”, es un poema triste pero hermoso al mismo tiempo.

    ResponderExcluir
  3. Madrugada 1h..Estava com medo de perder o homem amigo e companheiro de letras.Se és meu amigo porque desapareceu? tem pessoas que chegam em nossas vidas para ficar.

    Você é um artista das palavras e dos sentimentos.

    Sabe que desta vez uma lágrima chorei ao ler de novo a dor de uma grande perda¿
    Pai não é aquele que coloca uma vida no mundo, mais pai é aquele que cria vidas.Criar o que de fato não o fez tornou este homem nobre aos olhos humanos e do nosso Pai que tudo ver. Viemos a este mundo para fazer missões e a maior delas é o Amor..Este homem amou sua mãe e deste sentimento bonito amou os tesouros dela" seus filhos". Mais que um pai ele teve atos nobres que engrandeceu sua obra na terra e este homem já teve o seu galardão desde aqui.
    Conheci esta dor meu querido amigo a pouco.
    No dia 16 de março ,4 dias depois de meu aniversário..Minha mãe agonizava e eu estive com ela todo o dia porque minha dor era terrível e eu não poderia ir a empresa e deixá-la .A noite já a minha dor transpassava a alma. Chamei o médico dela que acompanhava seu problema e ele me perguntou desde que horas ela estava quase sem vida..Ele não a quis levar ao hospital porque já sabia ser o fim.Eu muito cansada fui ao meu quarto e me deitei sem forças e dormi uns 15 minutos e acordando corri para seu quarto e ela como o pai querido adormeceu para sempre, assim ela se foi também. Acho que nem preciso falar do depois porque você já sabe o que aconteceu comigo..Ela se foi mais sua presença vive em mim .Não sei como posso tirar esta dor mais oro ao Pai Eterno que me ajude de alguma forma.
    Meu querido esta tua história é linda e viverá para sempre porque temos que ser justos..

    Um imenso beijo e obrigada pelo carinho que me dedicou..


    Rachel Omena

    ResponderExcluir
  4. Passei para te desejar um belo fim de semana e êxito na próxima postagem pois vejo muitas flores por aqui a te admirar...Parabéns querido amigo..

    Um beijo especial.

    Rachel Omena

    ResponderExcluir
  5. Silvio, fiquei realmente emocionada com esta história.
    Que bom saber homens como esse realmente existiram e ainda existem através deste texto tão poético.
    Abraço

    ResponderExcluir
  6. Silvio para mim foi uma grande surpresa encontrá-lo no blog http://curaocultada.blogspot.com.br/ conheço mais ainda sua inteligência...Praticamente eu quase não vou ali pois conheço cada ponto que existe nele e informação.
    Fora a canabis tem outra erva no Peru e tenho certeza que em outros países mais frios que o governo proíbe também pois ela abre a memória para uma abastada inteligência e isto eles não querem para o povo..Assim como em doses de responsabilidade para uso da canabis e não de vícios contrários como eficácia..
    Logo os habitantes da terra iriam parar de votar nos corruptos,iram saber que religião é coisa do sistema manipulador,que o homem foi criado para as frutas ,ervas e verduras e não para morrerem rápido tomando vacinas, comendo o mal industrializado..Do leite e da carne em geral é onde mais se cria o câncer,mais o homem não pode saber disto..é proibido..tem que morrer ainda criança ou com doenças que nem os médicos conseguem um diagnostico para tal.O recém nascido nasce para o leite materno e o bezerros para o leite da mãe..fora isto nada de leite. Tudo é forjado para o próprio mal da natureza humana.


    Que bom encontro por aqui pessoas inteligentes como você.

    ResponderExcluir
  7. CHEGANDO PARA DESEJAR UMA SEMANA FENOMENAL!
    APROVEITANDO PARA REFLETIR NESSA LEITURA O QUE É PERDER UM ENTE QUERIDO...
    BJSSSSSSSSS

    ResponderExcluir
  8. Triste mas tão lindo texto.
    Parabéns pela forma como descreveu os acontecidos, passou tanta verdade que até emociona!

    Boa semana
    =^.^=

    ResponderExcluir
  9. Dento dos meus 45 anos sou hoje uma mulher que sabe ouvir e silenciar quando não tenho chance de debater com a vida.

    Um abraço amigo

    Boa noite

    ResponderExcluir
  10. E a histéria da vida continua com dor ou sem dores mais continua nua ,crua,real.

    Boa noite Silvio

    ResponderExcluir


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.