segunda-feira, 1 de abril de 2013

AINDA RESTA UM POUCO DE LUZ.

Eu me sinto um vencedor  por habitar e não me corromper num mundo onde uma boa parte das pessoas não merece um olhar, muito menos viver em liberdade já que tira  proveito da classe desfavorecida.    A maioria das pessoas da qual eu faço parte é  obrigada a  dividir  a mesma sociedade que nos cobra ética e honradez com esse grupo sem que com isso, como o óleo e a água, nos misturemos. Eu fui moleque, traquinas quando criança.  Fiz travessuras, mas nada que ferisse quem quer que fosse.  Muito cedo eu aprendi a discernir o bem do mal,  a política e suas consequências, a igreja e seus segredos.  Conheci pessoas ricas que ouviam e, acreditem,  baixavam a cabeça enquanto  pobres ditavam ordens com o nariz em riste como se fossem reis.  Vi mulher bater em homem e pai violentar sexualmente o próprio filho.  Cresci, confesso, em meio a estas realidades, mas nenhuma, por mais convincente, me levou à delinquir.  Não falei mal dos políticos, mesmo achando que alguns eram, como são, dignos de enforcamento em praça pública em nome da decência e dos bons costumes.  Também soube, pelos órgãos da imprensa, de padres  e pastores pedófilos que inclusive roubavam a congregação a que pertenciam como aqueles que foram pegos na prática da libertinagem o que muito me indignou e confundiu a fé.  Tenho me esforçado em acreditar que este é só um caso isolado, mas não posso deixar de crer que  pode ser comum  em algum canto deste país mesmo que não aceitemos tão dura realidade.  O importante, no entanto, é que estejamos limpos dessa imundice e mesmo que sejamos obrigados a sujar as botas na lama existente na casa dos porcos, não vamos comer a comida que os alimenta.

36 comentários:

  1. Sílvio, magnífico texto com o qual concordo plenamente, excelentes palavras cheias de verdade.
    Beijinhos de Luz!
    Ana Maria

    ResponderExcluir
  2. É meio que por ai Sr Poeta Cidadão.
    Indignação?
    Nem me dou mais a esse trabalho.
    Boa semana.
    Catiaho Alcantara/Reflexo d'Alma
    entre sonhos e delírios

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Lindo texto caro poeta Silvio Afonso!

    Obrigada pela visita.

    Abraços

    Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde Sílvio
    Ninguém está livre por passar muitas desilusões, principalmente as pessoas menos favorecidas que são obrigadas as urgias nojentas dos coronéis por um pedaço de pão. Que nojo tenho de pessoas assim!
    Obrigada pela visita
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  6. Lindo texto,caro poeta Silvio Afonso.

    Obrigada pela visita e pelo comentário.

    Abraços

    Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Obrigada pela visita Silvio Afonso!

    Lindo texto,com muitas verdades.

    Abraços

    Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Olá, Silvio!
    Gostei do seu texto-desabafo.
    A realidade as vezes doí de ver e ainda mais de sentir.
    Grata por sua visita em meu blog.
    Estou te seguindo aqui.
    Abraço, boa semana.

    ResponderExcluir
  9. Obrigada pelo comentário gentil!
    Tbm estou te seguindo!
    Boa semana!
    beijos carinhosos

    ResponderExcluir
  10. Olá meu amigo. Um desabafo compartilhado por mim também. É tão fácil sermos honestos e honrados, por que fugir a regra. É brabo viver no meio de tantas pessoas desonestas, alguns são verdadeiros bandidos e temos que fechar os olhos para não explodir com tamanha sem-vergonhice e falta de caráter. Eu sou otimista, um dia isso acaba e vão reinar somente homens de bem.
    Mas trocando de assunto, faz tempo que tenho pensado em ti. Falei para meu filho sobre teus maravilhosos textos. E hoje logo após falar vejo teu comentários. Te chamei no pensamento hahaha.
    Bjos e tenha uma semana linda e iluminada.

    ResponderExcluir
  11. Olá Silvio, querido Poeta,
    Sempre fica um pouco de saudade daqueles de quem gostamos.
    Parabéns por tão belo e verdadeiro texto. Passei por tuas linhas como se eu passasse pelos caminhos que desde criança eu andei...E igual a você nunca o que vi ou soube interferiu na minha formação. Francamente, quantos valores se perderam pelo caminho dessa insana humanidade....
    Parabáens!!!
    Beijos, Vilma

    ResponderExcluir
  12. Olá Sílvio,
    Muito obrigada perla visita ao meu blog e pelo seu comentário. Também estou seguindo-o. ‘E tão bom fazer amigos online e poder ler blogs tão bonitos quanto o seu. Abraços,

    ResponderExcluir
  13. Bom dia! Calcemos as nossas botas de canos altos para que possamos caminha nessa inevitável lama, sem nos sujarmos!

    ResponderExcluir
  14. Olá Silvio
    Por mais lemas que existam em nossos caminhos, não devemos atolar nossas botas.
    Abração

    ResponderExcluir
  15. Olá Sr Poeta!!
    Esse texto você simplesmente arrasou, desabafo total!!!
    E eu?? Simplesmente adorei!!
    Veracidade pura!!
    Saudades de você...
    Bjus com carinho da Coruja e..
    feliz dia!!

    ResponderExcluir
  16. Poeta Poeta,
    estarei aqui para ver isso de perto;

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Nossa que maravilha de escrito..Tens um caracter que pouco vejo na vida...Mostra a verdade como canto limpo de pássaros..

    Parabens e muitas felicidades em todos os sentidos de êxitos amigo

    Rachel omena

    ResponderExcluir
  18. Silvio, vim retribuir sua visita e gostei muito do que vi. Concordo com seu texto, não é porque o outro é corrupto, que tenho que ser igual. Cada um escolhe o seu caminho, de acordo com sua consciência. Muita paz!

    ResponderExcluir
  19. Chegando agora e na fase de encanto pelo seu blog. Quanto ao último post, é isso mesmo. Temos de sobreviver num cantinho de terra limpa num planeta cercado por água poluída. Te seguindo para irmos trocando figurinhas.

    Um respeitoso abraço,
    Rovênia

    ResponderExcluir
  20. Querido Silvio, não resisti e vim antes, rssss
    claro que seus trabalhos devem ser visitados sempre, parabéns.
    Volto então no dia que vc cita lá no Perseverança,
    Abraço fraterno
    Nicinha

    ResponderExcluir
  21. Olá Silvio,obrigada da visita!
    Estou curiosa em saber o que irá postar em 6 de abril!Você diz que irei ficar de cabelos arrepiados. Cuidado que é próximo ao meu aniversário e não quero passar por sustos!rsrs
    Aqui estarei no dia 6 de abrl.
    Abraços
    Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Olá Silvio,
    Obrigada pelo comentário no Blog,
    já estou te seguindo também,
    Abs

    ResponderExcluir
  23. Bom tarde Afonso, obrigada por invadir meu blog, afinal vim correndo aqui invadir a sua praia "risos", achei um belo truque da sua parte me pedir para vir só dia 6, imagiiiiina que eu iria aguentar!!! Afonso seu blog é muito bem feito, e bem distribuído os assuntos, o meu, amigo está uma bagunça só, mas obrigada pelo elogio, e por ter gostado do meu espaço. Meu querido tu escreves muito maravilhosamente, seus textos são ótimos, e bem polêmicos!!! Vou vir outra hora com mais tempo para comentar sobre algum texto ok? Já sou sua seguidora, bjssss!
    Clarice

    ResponderExcluir
  24. Muito Obrigada pela visita, também sigo :)

    ResponderExcluir
  25. Meu querido amigo já sou sua seguidora faz tempo e seu blog se encontra dentro dos blogueiros de cristal de uma mulher e já participo do sorteio também..

    Um grande abraço e admirações

    ResponderExcluir
  26. Olá Sílvio!
    Agradeço a visita e estou a retribuir. Li o seu último texto e afinal aí desse lado do Atlântico como do lado de cá o lodaçal é o mesmo... dá pen, raiva e nem sei mais o quê!!
    Um abraço amigo.
    M. Emília

    ResponderExcluir
  27. Lindooooooo demais amei parabéns vim te desejar um ótimo fds abraço

    ResponderExcluir
  28. Olá Silvio! Obrigada pela gentil visita e comentário..
    Gostei muito do seu blog, Já estou seguindo também. Abraços e muita paz.

    ResponderExcluir
  29. Lindo como todos,Silvio.

    Seu desejo é uma ordem,meu rei.

    Vou postar agora,dia 4/4,23:35h,o filme que pediu: "Noites de Tomenta",Dublado e com a imagem dos protagonistas!

    Isso é que é ser amiga,heim?

    Por isso,visite_me mais vezes e comente,dê sua opinião sobre meus textos,ok?


    Beijos com sabor de morango com chantily


    Donetzka

    ResponderExcluir
  30. BOM DIA AMIGO QUERIDO !
    BOM DIA AMIGO POETA !
    BOM DIA BOM DE ESCRITA!
    RSRSRSRSRSRSRRSRSRSRSRRSSRR
    AQUI SEMPRE LEIO TEXTOS QUE SE DISSOLVEM EM REFLEXÕES...ESSE NOS INSTIGA UMA LEITURA COMPLETA...
    BJSSSSSSSSSSSSSSSS

    ResponderExcluir
  31. •✰ •✰ •✰ •✰ •✰ •✰
    Coucou et merci pour ce beau partage !!
    J'aime bien ton blog !!!!
    Bonne fin de semaine et
    GROSSES BISES pleines de soleil !!!
    •✰ •✰ •✰ •✰ •✰ •✰

    ResponderExcluir
  32. Bom dia amigo poeta venho agradecer eretribuir sua gentil visita amei conhecer seu blog que é tão especial e ler seus textos que me emocionaram muito li com voce muitas coisas que se tem vontade de falar de escrever e vai se guardando no fundo das gavetas da alma parabens pelos versos lindos um abraço com carinho marlene

    ResponderExcluir
  33. Olá Silvio, é uma Honra para mim ter sua presença em meu blog, um ilustre Palhaço poeta.
    Gosto muito de boas leituras,então resolvi ficar por aqui, seu texto me fez criar um filme em minha mente. Muito sucesso para vc. Abraços

    ResponderExcluir
  34. Realmente um texto muito lindo e muito forte! É um pouco difícil ver as coisas e não se indignar com ela. Há tanta imundice no mundo! O que nos leva a duvidar se realmente existe algo totalmente puro! Isso até me lembra um ideal iluminista "os homens nascem bons, o meio é que os estragam". Como vimos, nem sempre. E são por essas exceções que continuamos a crer que há chances do mundo se tornar totalmente belo.
    Tem texto novo lá no meu cantinho, se puder me visitar e ler, ficarei muito alegre. Um super beijo.

    http://venenosemacas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  35. Debemos reflexionar y cambiar valores que los actuales no nos llevan a ningún buen lugar, saludos

    ResponderExcluir
  36. Conviver com nossa realidade as vezes faz mal. Eu segui um conselho que ouvi numa palestra certa vez, se não suportas mais ver só notícias ruins nos jornais e nas tvs, então não olhe mais. Bom, alguns me consideram alienada, mas eu me considero livre de notícias que todos nós conhecemos, elas não me acrescentam, não me dão alegrias, e conviver com a desgraça alheia não é bom. Que ela existe e esta cada dia pior eu sei, mesmo não vendo nem lendo sempre aparece alguém entusiasmado pra contar. Tem muita coisa ruim no mundo, mas como disse alguém "O que me preocupa não é a maldade dos outros e sim o silêncio dos bons" que a tudo veem mas nada fazem porque acreditam de que nada adiantaria. Um fato triste de nossa sociedade atual. Agradeço aos céus que ainda existem pessoas no mundo que não se realizam vendo a desgraça alheia.

    Gostamos do post.

    Abraços
    Mynda e Raphael

    ResponderExcluir


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.