quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

MÃO SANTA

Ele era tão pobre, que só comia quando alguém dele se lembrava. Vestia as suas vergonhas com trapos para esconder, não o que achava chocar o mundo, mas a sua condição de perdedor.  Certa vez uma mulher que mais lembrava sua mãe, que a sua benfeitora, entregou em suas mãos um bolo com o seu nome escrito em chantili, um litro e meio de refrigerante e um abraço do qual jamais se esqueceu. Em outros tempos aquela data era comemorada por ele, seus parentes e amigos mais chegados. Depois disso, nunca mais teve uma festa que pudesse chamar de sua, receber a visita de quem dele se lembrasse ou ganhar presentes, ah, isso nem pensar.  Até ele se esqueceu que aniversariava uma vez por ano...
Nos momentos em que se via devagar nos pensamentos recordava a bela imagem de quem, sem necessidade alguma, um dia  se lembrou da sua pessoa.  Do bolo não lembrava o gosto e  do que bebeu não se recorda o nome, mas do olhar e do abraço em momento algum e por mais que passasse o tempo ele se esqueceu. Era um gesto sem preconceito e intensão, já que foi dado na madrugada de um dia chuvoso e sem ninguém por perto para testemunha.  Nunca mais o jovem viu a mulher assim como há muito não sabe de sua mãe.  Talvez as duas estejam bem. Uma com a consciência da bondade e a outra com o coração entristecido pela sorte do seu filho.
Hoje é carnaval, terça-feira gorda; dia do seu aniversário.  Ele acordou mais cedo para esperar pelo que não tem certeza, mas foi assim, sem acreditar na própria sorte que viu  surgir aquele anjo para grafitar em sua alma a certeza de que nada é impossível quando se está com Deus.

18 comentários:

  1. Amigo,lindo o seu texto como tudo que você escreve! Parabéns!Bjs nesta linda quarta de carnaval.

    ResponderExcluir
  2. LINDO TEXTO SILVIO! COMO SEMPRE TENS O DON NAS PALAVRAS ESCRITAS. PARABÉNS!

    ResponderExcluir
  3. Palhaço Poeta,
    Esses textos seu
    tem uma mola pra puxar
    boas lembranças...
    Lembrei da 1a vez que
    me fizeram festa surpresa na vida.
    Completava eu 17 anos
    e ganhei um lindo bolo com velas
    e um lindo urso de pelúcia...
    Foi marcante por ser o primeiro.
    Gosto de ler e é lindo seguir a semana com essa sua
    doce recordação.Gosto de ler.
    Adorei a foto.
    Bjins
    Catiaho Reflexo 'Alma

    ResponderExcluir
  4. Lindo e emocionante demais,Silvio!

    A mulher que tanto alegrou o aniversário dele era realmente um anjo!

    Deus faz dessas coisas!


    Beijos com sabor de quarta-feira alegre!


    Donetzka

    ResponderExcluir
  5. ...eu fico imaginando a cena
    criada por estes gestos de
    dar e receber onde só
    houve ganhadores que
    com certeza, estejam
    eles onde estiverem
    trazem as lembranças
    gravadas no coração.

    ...perco-me em teus
    escritos...sempre!

    beijos meus!

    ResponderExcluir
  6. Que lindo texto em forma poética! O homem esquece sim, dos bens materiais que recebe. Mas os gestos de bondade, permanecem como uma tatuagem! Parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Bom dia Silvio!
    As vezes, um Abraço
    dado em hora inesperada
    nos causa conforto, carinho.
    Digo sempre que: Um abraço
    dado com sinceridade, vale
    por uma eternidade!
    Adoro, quando de repente,
    alguem me surpreende com
    um Abraço, sabe, daqueles
    bem colados, onde os corações
    se encaixam, se acalentam...
    Ai, ai...To precisando de um
    Abraço assim...Abraços meus
    bem fortes e de muito carinho
    e respeito!
    Ah, sua esposa na foto...Linda demais!! Abraços para ela tbm!
    É sincero viu?

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pelo texto e feliz aniversário aos que aniversariam na data. rs

    ;)

    www.atormentossingulares.com

    ResponderExcluir
  9. Lindo...querido Sílvio!

    Beijinho

    Ana

    ResponderExcluir
  10. ...belo texto,nada é impossível quando se está com Deus! Parabéns pelas palavras.

    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Ótimo final de semana.
    http://simples-e-agradavel-bloog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. ola, tudo bem? como passou o carnaval? voltei. rs

    ResponderExcluir
  13. É vero Poeta!
    Quando se tem DEUS tudo é possível!
    Parabéns, belo texto!
    Bjus e bjus!!

    ResponderExcluir
  14. Hiya! I simply want to give a huge thumbs up for the good info you have right here on
    this post. I will probably be coming back to your blog for extra
    soon.

    Here is my page ... seoul korea tourist places

    ResponderExcluir


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.