quarta-feira, 28 de março de 2012

NÃO SEJA POR ISSO.

Por mais que tu me provocasses. Por mais que a ti eu desejasse. Jamais diria que és tudo o que eu sonho. Que tu és o que eu quero, e dizer que o teu corpo me provoca e até me força demonstrar o que eu sinto. Sinto muito,  mas eu nego, mas eu minto.  Mesmo que eu tivesse a certeza, como tenho, de não poder passar um segundo sem te ver sorrindo em minha mente, gemendo entre as minhas pernas e resmungando em cada orgasmo que eu  provocasse em ti, eu te renego. Renego às duras penas, pois assim eu sei que te perco. Como te perco se eu dormir e contigo não me pegar sonhando.
Talvez eu já tenha colado este texto no teu quarto. Talvez eu tenha dito bem ao pé do teu ouvido ou tenha sonhado que falei. E se eu falei não quero que esqueças.  Mas se não falei não finjo que não sou capaz, assim como não quero fazer de conta que em público o teu nome eu não tenha recitado.

27 comentários:

  1. Ual!Meu santo protetor dos poetas! (Se é que poeta tem protetor)
    Penso que o próximo livro do blog,
    será ainda melhor que o
    Prosa Inversa. Ja tenho até ideia do nome, acredita?
    Lendo esse texto
    e voltando aos inicio dos textos
    daqui, me
    é nítido o lirismo só que sem
    complicação pra ler.
    Escreve de foram que o ler se torna
    deliciosamente
    gostoso e simples sem ser comum.
    Belo texto querido
    Palhaço Poeta!

    ResponderExcluir
  2. silvioafonso, Li essa pro Al e ele pediu pra eu passar pra voce..


    VEJAM COMO IGNORAMOS AS COISAS!!!!


    REVELAÇÃO BOMBÁSTICA

    Estudos europeus revelaram os efeitos das bebidas.

    Existem as evidências de que:

    Vodka + Gelo = fode os rins!

    Rum + Gelo = fode o fígado!

    Whisky + Gelo = fode o coração!

    Gin + Gelo = fode o cérebro!

    Coca-Cola + Gelo = fode o estômago!

    Pelo que parece é esse filho da puta do Gelo é que fode tudo!

    Estou tomando uma antipatia de Gelo...

    E eu que pensava que ele era inofensivo!!

    ResponderExcluir
  3. Hummmm, emocionante...
    Tenha um excelente dia, Poeta...
    Beijos!♥

    ResponderExcluir
  4. Docemente sensual, sensualmente doce!
    Adorei este texto.

    ResponderExcluir
  5. Bom Dia!
    "...e se teu nome eu tenha um dia recitado, foi porque algo em mim, dizia que teu Amor era muito mais forte de tudo aquilo que eu ja havia escrito, postado. Mas como bom galanteador que sou, direi apenas que seu nome foi recitado aos ventos para que chegasse de fato, aos teus ouvidos, ao teu coração...Isso é fato!" (desculpe, me empolguei...rsrs)
    Abraços ao poeta sensivel e a tua bela inspiração dos olhos verde da mata, como diz Cathiaro.
    Um post. cheio de misterio e sedução! Parabens!

    ResponderExcluir
  6. Nas mãos do poeta toda palavra torna-se encantadora. Muito bonito.
    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Silvio, querido poeta, eu vim sonhar em tuas letras depois de um dia trabalhado e trabalhoso...
    Lindissima poesia que chega ao coração. Parabéns! Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá meu caro amigo,

    Intenso seus versos, mas acho que quem renega um amor, é porque envergonha-se dele!

    Saudações

    ResponderExcluir
  9. Uiaaa que profundo,confesso que
    adorei..um desabafo que toca a gente
    Bjuss de bom dia

    Desabafo em forma de poema!!!

    ResponderExcluir
  10. oieee
    Desculpa pela demora,o tempo anda curto,gostei do cantinho e já estou ak.

    ResponderExcluir
  11. E nos dedos de um poeta tudo se torna divino1
    bji

    ResponderExcluir
  12. Mas, por vezes, resistir a entrega, é terrível,


    bjkas

    ResponderExcluir
  13. Meu amigo , fiz a minha leitura, que, seguramente é única dada e,a natureza de cada uma delas.
    Apreciei esse monólogo interior, conexo e desconexo, como são todos os monólogos interiores. Entendi as suas razões, porque são suas, são as suas.
    Deslizei pela musicalidade do texto, docemente. Mas, se me permite um mas, tropecei no "resmungar" e reli e voltei a tropeçar. É cacafónico e eu substitui-lo-ia.
    Perdoe a minha sinceridade.
    Penso que foi com essa intenção que me convidou a ler o seu texto, no qual, repito, descobri sendas inexploradas e apaixonantes.
    Nina

    ResponderExcluir
  14. Lindo e intenso texto. Negarei até o fim que não sai de dentro de mim para que não me ponha a sua mercê pra de mim vc não se engrandecer...e negarei sempre e tanto e disso tirarei o meu maior encanto ainda que dure até eu morrer. Obrigada pela visita. bjos.

    ResponderExcluir
  15. Sílvio, gente crescida ( como nós) convive pacificamente com a crítica.
    A sua reação deixou-me apaziguada. Até a receber, temi, por momentos, poder ser mal interpretada.
    beijo

    ResponderExcluir
  16. Nossa Silvio, que lindo! A negação controversa de sentimentos, talvez seja uma maneira de tentar driblar os próprios sentimentos. Talvez, seja uma maneira de deixar pairar a dúvida, sobre uma questão que não quer duvidar, ou talvez, seja uma maneira de dizer; quero você, mesmo que seja sem querer... O fato é: ainda que nas entrelinhas, o disse. E de uma forma direta, apesar de contraditória.
    Amei o post!
    Boa semana! Beijos

    ResponderExcluir
  17. Querido Silvio; amei a confissão contraditória! Acho que o despertar de sentimentos, vem quase sempre, entrelaçado com questões que nos levam a duvida, ou quem sabe uma maneira de camuflar algumas coisas que queira não explicitar. Mas ficou perfeito!
    Boa semana! Beijos

    ResponderExcluir
  18. Boa noite querido Sílvio,

    Ao ler seu texto, me parecia que está falando com ela, entende?
    É tão real, tão vivo, o sinto, o tenho nas minhas mãos.
    Raramente, sinto isso, ao ler prosa. Com a que você escreve, aconteceu.
    É mesmo verdade aquilo que seu "eu lírico" falou?

    Boa semana.
    Beijos de muita luz.

    QUE PARAÍSO E QUE INFERNO!

    ResponderExcluir
  19. Não foi nada. Mas não entendi porque o do mentiroso?! E já estou seguindo você querido lá. :)
    Boa noite Silvio, tenha bons sonhos e que a semana seja repleta de realidade, mas com um pouco de sabor de vida.

    ResponderExcluir
  20. UAU! Essas demonstrações de paixão, de tesão, caem tão bem nas letras masculinas. Ah, se os homens soubessem disso... Parabéns! Bjs

    ResponderExcluir
  21. Ih!!!
    Com respeito é mais caro!!!
    (rsrs)

    O que é "Feighl gmeti"???
    É algum tipo de sussurro novo?

    (kkk foram as palavras que apareceram pra eu provar que não sou um robô)

    ResponderExcluir
  22. Vou mentindo pra mim mesmo que esqueci...que nao amo...qual a razão...medo de realizar o desejo...
    tem certeza quer vc quer o que deseja....

    ResponderExcluir
  23. NÃO SEJA POR ISSO, poeta! Faz uma mágica de palhaço e posta antes... eu preciso dormir... eu acordo cedo! Ou melhor, madrugo!!!! :))

    Beijocas.

    ResponderExcluir


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.