quarta-feira, 7 de março de 2012

CADA QUAL NO SEU CANTO.

Bem, quem ouviu cantar os passarinhos, ouviu. Quem não ouviu um dia os ouvirá.  É sempre assim. O hábito de ouvir cantar a passarada não cessa, não cala. Pode até ensurdecer o canto que os ouvidos treinados com o trinado do cantor  jamais esquece o canto que se ouve de qualquer canto. Aonde quer que ele se esconda certamente nos encantará. Quero, agora, mais do que nunca rever os bem-te-vis depois da chuva, voar por sobre os gaviões que envergonhados por não saber cantar, fogem medrosos  num voo confuso  dos bicos que cantam a marcha que a morte encerra.  Canto dos verdes campos aonde o amor dos pirilampos fazem seus ninhos em tronco tosco.  Aonde as borboletas com suas cores enfeitam as flores e o arco-íris, só para convidar os beija-flores a novos amores. Canta o vento no pinheiro. Entoa os sambas-enredo o meu salgueiro. Entristece Wando ao brasileiro, mas não cala o galo na madrugada no alto sapé de um celeiro.

21 comentários:

  1. palhaço poeta...
    você e o poeta Cazuza
    afirmam com palavras outras
    mas com o mesmo significado:O TEMPO NÃO PARA,NÃO PARA NÃO.
    E tambem da o entendimento que o
    Pedro Cmargo
    tão bem canta: VIVER É BOM DEMAIS,NINGUEM VAI ENTENDER.

    Poético seu post.
    Linda forma de expresão.
    bjins

    ResponderExcluir
  2. ...e recuei à infância com o cheiro a terra molhada e regatos vadios.
    Hoje espero a primavera assim. Só não terei os bem-te-vis, porque só vêem os coloridos vaidosos dessas terras lindas.
    E senti-me aí nessa maravilhosa viagem-poesia! indo!
    Abraço amigo

    ResponderExcluir
  3. Boa noite, vim te visitar e te oferecer o premio teu toque me cativa.
    Fique na paz!!
    san

    ResponderExcluir
  4. Querido amigo.
    Venho te deixar um carinho pedir desculpas pela minha ausência .
    Ando corrente atrás de tudo que tive que parar em outubro do ano passado.
    A batalha muitas vezes é dura mais desistir nunca .
    Um beijo carinhoso.
    Evanir..

    ResponderExcluir
  5. Passei por aqui rapidinho, porque o tempo não espera mesmo, se me distraio com os cantos, atraso no dia da vida.
    Abraços carinhosos de
    Maria Teresa

    ResponderExcluir
  6. Passando para prestigiar mais um excelente post... Um abraço

    ResponderExcluir
  7. Es un placer recorrer este lugar al que llegué, siguiendo sus huellas en mi playa !!!!!
    Qué alegría saber de su paseo por mis bahías humildes y calmas...

    Reciba mis saludos azules de horizontes rojos...

    ResponderExcluir
  8. Tens razão poeta, vida é movimento.
    Sempre haverá outras vezes, mesmo que em situações diversas.Belo texto! Fez-me encantada sentir a natureza entoando suas canções.
    Tenhas dias ensolarados e felizes.
    Bjs Eloah

    ResponderExcluir
  9. A natureza me encanta...
    Esse seu, maravilhoso e emocionante, texto me fascinou! PARABÉNS!!!
    Obrigada pela sua visita lá no meu "cantinho". Volte sempre, viu?
    Já estou lhe seguindo também.
    Boa noite e fique com DEUS!!!

    ResponderExcluir
  10. este delicioso post veio a calhar nesta linda manhã em que me encontro no jardim, ouvindo meus companheiros de todos os dias..

    bjs.Sol

    ResponderExcluir
  11. Eu também quero ouvir o canto dos passaros nesta minha São Paulo amada é cada dia mais raro...
    Abraços meu amigo e parabens pelo texto tão enxuto e mesmo assim maravilhosamente feliz.
    Parabens!!!

    ResponderExcluir
  12. Boa noite!
    E no canto da cotovia
    me perdi em solidão.
    Pois os passaros que
    aqui sobrevoavam, eram
    apenas gaviões...Te li
    nas entrelinhas e entendi!
    Parabens ao teu time!
    Abraços fortes para ti!

    ResponderExcluir
  13. Olá,

    Que prazer receber sua visita agradável e espirituosa!

    Deliciei-me com este belo texto com aroma de natureza.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  14. Oi Silvio, ótimo post!
    Amo vir no seu blog! Tenha um ótimo fds, um abraço.

    ResponderExcluir
  15. Olá Silvio..
    Excelente post...Adorei seu espaço! Arigatou pelo carinho dixado no Meu Cantinho no Japão...
    Beijos!
    San...

    ResponderExcluir
  16. Essa diversidade de canto, em tudo que é canto deste país, é o que mais nos encanta... Poeta!

    Bom domingo, forte abraço,

    ResponderExcluir
  17. Amigo palhaço poeta! Já tinha saudade de entrar e ler as tuas belas poesias ,linda a foto também

    feliz domingo,beijo e uma óptima semana

    Carla Granja

    http://paixoes-encantos.blogs.sapo.pt/

    ResponderExcluir
  18. hola Silvio,
    lindas letras nos regalas. con mucho amor y dulzura.

    un abrazo^^

    ResponderExcluir
  19. Publicando comentários e caiu mais uma estrela na noite que começa a cair: a sua! É lindo o entardecer.
    Aí vão as saudades da tarde!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  20. Passando pra te desejar um ótimo final de semana!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Estou relendo seu blog. Interessantissimo
    como os textos, mesmo
    os publicados no livro Prosa Inversa
    me soam como que
    lidos pela primeira vez.
    Deve ser a convivência,
    não é?
    Passa no Espelhando depois, ha
    duas postagens que adoraremos que passasse seus olhos
    http://reflexosespelhandoespalhandoamigos.blogspot.com.br/2012/09/corpo-teu.html
    e esse :Benefícios do Vinho Tinto
    http://reflexosespelhandoespalhandoamigos.blogspot.com.br/

    Lindo sabado.

    ResponderExcluir


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.