quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

SALA DE TV...

O motor rasgava as águas num gemido rouco. Avançava na intenção da praia batendo as ondas na imensidão do mar. Buscava,  através dos caminhos que antes navegara na constituição de uma vida regrada, a conquistas e poucos amores uma lembrança esquecida no passado. Horas a fio exposto ao sol pintando o corpo de dourado. Onda entortando a proa aspergindo água salgada na cara, temperando a pele. Vontade de ver, de olhar de novo. Saudade do toque, do arrepio, do abraço sem jeito, do beijo molhado, da falta de vergonha e do respeito. Do sorriso escachado, das safadezas no leito. Duas horas sem escutar o canto das gaivotas. Só o roncar do motor se podia ouvir.Apeou do barco para estancar os passos na chegada ao jardim. Muito perto da casa, antes caiada, hoje sem cor, muitas flores brancas marginavam o caminho, e na entrada, uma leva de rosas amarelas. Borboletas que mais pareciam pintadas numa tela, verdadeiras aquarelas, voavam numa rota estranha em torno do corpo dela. Trazia na testa prendendo os negros cabelos uma fita amarrada, tal qual uma donzela. Braços cruzados debruçada na janela como há tantos anos a sua espera. Um grito, um tiro, correria. Num sobressalto vazou de onde se estendia. A cidade em silêncio, nada se movia, só a tevê no último volume, um filme de bangue-bangue exibia. Não fosse esse pequeno impasse, com certeza ele dormia.

21 comentários:

  1. Nossa! Foi um sonho? Tão singelo...adorei.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Olá, bom diaaa.
    Lindooo e intenso...
    Abraço

    ResponderExcluir
  3. Quero Ler!
    Mas aqui so tem caracteres!!
    afff
    que irritação.
    Deve ser pessoal isso!

    ResponderExcluir
  4. Um texto primorosamente escrito que faz supôr tanta coisa...Como em muitos filmes, fica ao critério do leitor a interpretação! Gostei.
    Beijo
    Graça

    ResponderExcluir
  5. Olá, olá! Prazer! Ah que blog interessante o seu, gostei muito, vim retribuir a visitinha, mas vou ficar por aqui e voltar outras vezes. Que post interessante...rsrs Diferente! Falar por caracteres...rs
    Seja bem-vindo sempre ao blog do meu livro e se quiser conhecer os outros 3 será bem-vindo tb!
    Beijo, beijo!
    She

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Olá... Passei para desejar uma ótima sexta-feira e um maravilhoso fim de semana pra ti e para os teus.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  8. Olá Silvio, vim retribuir sua visita.
    Adorei o blog e vou voltar muitas vezes.
    Já uma seguidora!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  9. Olá. E... fica a critério de cada um o desfecho. Adorei. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  10. Oh obrigada!
    Eu escrevo a minhas notações de psicologia da educação.. matéria que gosto muito!!
    Seje sempre bem vindo!!

    ResponderExcluir
  11. Quem bom que com você seja assim..eu já não consigo estriar o vulgo dessa maneira..para ajudar os alunos preciso estudar.. mais Freud diz muita coisa que eu respeito,admiro sabe..a faculdade tem suas valias
    Obrigada pelo post.
    Minunciosamente.

    ResponderExcluir
  12. Oie!
    Ué, mas eu já estou te seguindo... E o post mudou? Ontem tinha caracteres aqui e não um texto...rs
    Beijo, beijo!
    She

    ResponderExcluir
  13. Bom dia silvioafonso.
    Agora as 07:20 ja posso ler aqui.
    Quero que saiba que como sua editora tenho cuidados
    com tudo que lhe diz respeito
    especialmente sua escrita.
    O blog é um serviço prestado e se em algum momento não esta bem para um leitor no qual me coloco no lugar; para quem tem 700 seguidores,
    é provável que pelo menos 80 deles não estejam visualizando na hora que conectam o blog,
    isso não é bom, causa desistência e acabam indo para outro espaço.
    Desculpe a intromissão, mas não sei fazer de conta,
    não mais;
    e muito menos com você que amo a escrita e admiro o trabalho bem feito sempre.
    Bjins

    ResponderExcluir
  14. Obrigada pela gentil visita, Silvio. Vim conhecer teu espaço.
    Um abraço desejando um ótimo fim de semana de letras.

    ResponderExcluir
  15. Olha, valeu pelo comentário no meu blog e realmente gostei do que li por aqui também!

    meus textos realmente são muito simples, mas como escrevo o que sinto a simplicidade acaba transparecendo bem mais.

    um grande abraço e estou te seguindo também!

    ResponderExcluir
  16. Os teus textos tem gosto e sabor..será que pode entender?

    Eu gosto muito,apesar de não ter podido ler todos...

    Bom mesmo...um abraço

    ResponderExcluir
  17. Oi!!Lindo texto! Obrigada pelos versos que deixaste em meu blog. Bjs

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Agradeço de coração a sua visita no Jardim!
    Encantador teu blog! ^^

    COm certeza passarei a te seguir também! E a visitá-lo sempre que puder!

    Um grande beijo!
    ^^

    ResponderExcluir
  19. Olá Silvio.
    Fiquei encantada com seu blog. ótimo conteúdo... me lembra alguns mini contos de autores que aprecio. Com certeza virei sempre aqui. Obrigada por sua visita no Alice Suburbana.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  20. Magnífica viagem, levando-nos no barco do pensamento sem comprar passagem para o futuro.

    ResponderExcluir


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.