sexta-feira, 25 de novembro de 2011

TEMPO CURTO, MAS TEMPO BOM

Pouca, mas muito pouca gente faz ideia da exiguidade do meu tempo. Às cinco e meia da manhã eu já estou de pé para um banho, fazer a barba e o café. Café reforçado que levo ao quarto para compartilhar com a luz dos meus olhos, nossa primeira refeição. As sete saímos, eu e ela e na metade do caminho uma parte de mim é deixada para trás, já que os olhos que de verde pintam a minha vida desce para trabalhar. Volto vazio de tudo e cheio de mim. No escritório devoro os jornais em busca do assunto que mexa com a opinião pública para, num espaço previamente estabelecido, sintetizar e publicar o meu trabalho como cumprimento do acordo preestabelecido. Assim eu tenho passado boa parte dos meus dias e diferente só os fins de semana quando eu reúno as minhas mulheres e viajo para lugares possíveis e prazerosos. Neste final de ano muita coisa está acontecendo ao mesmo tempo. A filha que o meu coração pariu se vê às portas da puberdade. Muita coisa está saltando do seu corpo para os olhos curiosos e o processo nos faz atentos. Sua mãe, a senhora de todas as montanhas, faz da família e principalmente da psicologia a razão de sua vida. Veste-se, alimenta-se e respira os métodos que a formarão, ainda este ano, doutora na matéria. As provas estão sobre a cátedra e tirar nota inferior a nove ela não cogita e isso nos faz babar de felicidades. Livros e malas desarrumadas com roupas dentro e fora são o que vemos pela casa. Tudo é nada quando chega a nossa vez e o alvo para os nossos dardos nos é apresentado. Agora, para a menina de quem sou pai e a senhora dos olhos da cor da mata, só me resta dar um jeito na casa de forma que andar, pensar e viver por aqui nos seja possível já que o resto depende do tempo. O mesmo tempo que massacra e que um dia nos permitirá sonhar...

18 comentários:

  1. eu leio muita felicidade nestas linhas..

    bjs.Sol

    ResponderExcluir
  2. Bom dia, e que lindo ver voce arranjando tempo pata tuas mulheres, elas merecem, principalmente a esposa que por ti guarda tantos cuidados...Parabens!
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Verdade...
    É ele... O Sr.Tempo que abre as portas p/ a luta do bom combate.
    Cada um na sua batalha.

    abç Poeta Palhaço
    =)

    ResponderExcluir
  4. Ops!! Corrigindo..."Bom dia, e que lindo ver voce arranjando tempo para tuas mulheres, elas merecem, principalmente a esposa que por ti guarda tantos cuidados...Parabens!
    Abraços!

    (desculpe)

    ResponderExcluir
  5. Visita meu blog. coloquei teu selinho la e link. para compra do livro, assim que der, faço-lhe um post., ok?
    Obrigada pelo carinho e respeito de sempre...abraços

    ResponderExcluir
  6. O Glorioso tempo, mas damos sempre um jeitinho né amigo, olha eu não acordo tão cedo, mas durmo muito tarde para poder completar minha tarefas do dia.
    Um belo fim de semana para a familia linda sua!!
    Com carinho
    Hana

    ResponderExcluir
  7. Tempo curto, mas com espaço para ser feliz. Lindo isso!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  8. Na verdade silvioafonso, o tempo não é ele quem deve nos administrar, mas sim nós a ele.
    Dessa forma é que as vezes olho
    minhas poucas fotos de antes de 2006 e vejo uma pessoa que ja estava no passado,
    hoje olho e
    noto as boas mudanças.
    Mas a verdade é que tinha 40 e agora 48, como pode o tempo assim retroceder?
    Penso que nos fazemos isso.
    Nós celebrando todos os dias com os que nossos são, isso é fazer com que o tempo possa agir a nosso favor. E assim quando formos de vez, nada sentiremos, mas os que aqui ficarem
    de nós não esquecerão tão cedo.
    Enquanto os que passam sem se fazer notar por ele, esquecido ja estão
    antes ...
    Lindo domingo!
    Bjins entre sonhos e delírios

    ResponderExcluir
  9. Caro poeta.
    Mais do que a ênfase na sua rotina, suas palavras trazem:
    Maria da sabedoria, Paula do acolhimento e Marias, agora descritas em palavras coloridas de amor e cumplicidade. Felicidades e sucesso para sua musa dos olhos verdes e para você nos seus caminhos da literatura.
    Abraço

    ResponderExcluir
  10. O problema não é o tempo.. é como nos organzar diante dele.
    E parece que vc faz isso muito bem!

    Semana de paz a vc!!

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  12. Q delicia ler palavras q de uma forma poética expressam seu amor..e detalhes q só uma alma iluminada podem ver..Bjos de sol e luz!!

    ResponderExcluir
  13. Fantástico contar com seu afeto lá no hamonia, um encanto de visita!
    tenha um ótima semana!
    Com carinho
    Hana

    ResponderExcluir
  14. O Blog "Pieces Of Me'
    chegou aos seus 400 seguidores,
    e tem o prazer de te prestigiar com
    um selinho lindo!!

    Beijos,
    e obrigada pela presença no meu cantinho..

    o selinho esta no link :http://momentosdapathy.blogspot.com/2011/11/400-seguidores.html

    ResponderExcluir
  15. olá, boa tarde... Que graciosidade poética teu texto!!
    O tempo deve ser sempre intenso.
    =)

    P.s.: ótima semana, beijo beijo!
    Obrigada por tua presença no meu humilde cantinho**

    ResponderExcluir
  16. Olá. Tudo blz? Estive aqui dando uma olhada. Muito legal. Apareça por la. Abraços.

    ResponderExcluir
  17. Parabéns, Sílvio, pela família abençoada que você construiu, onde há amor, espeito, solidariedade, cumplicidade... Tomara continue assim para sempre. Um abraço!

    ResponderExcluir
  18. Silvio, tudo bem?
    Muito bons teus textos, repletos de franqueza e generosidade com o leitor.
    Parabéns!

    Obrigada pela visita, também estou seguindo seu blog.
    Abraços!

    ResponderExcluir


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.