sábado, 27 de agosto de 2011

MÉNAGE À TROIS

Os sussurros vinham do quarto ao lado. Aquela seria a primeira noite naquela casa, cujos donos, um jovem casal sem filhos, alugava aos turistas que vinham conhecer o Rio. Eram duas da madrugada e entre os barulhos de copos e garrafas o estalar dos beijos era mais alto e aguçava a minha curiosidade. Das três suítes, a maior era ocupada pelo proprietário e as duas outras alugadas, uma para mim e outra para um grupo que chegaria depois do almoço no dia seguinte. O barulho da porta da geladeira deu-me a certeza da presença deles na cozinha. Um cheiro conhecido tomou o corredor e adentrou o meu quarto confundindo o meu nariz. Era um cheiro conhecido que eu, particularmente gostava, embora nunca o tivesse apertado entre os meus dedos. Apaguei a luz e entreabri a porta; ambos estavam nus. Ela segurava um copo de uísque e ele o cigarro que acabara de acender. Deitou a bebida sobre a mesa e puxou a mão do marido até a boca dando uma tragada tão profunda que a brasa clareou a penumbra da cozinha. Para a boca do marido transferiu a fumaça que puxara enquanto ele a segurava pela cintura forçando o seu corpo contra o dela. A moça deu um sorriu nervoso curvando o corpo para trás como um arco pronto ao disparo das flechas. Num golpe ligeiro todo que estava sobre a pia foi afastado e a moça atirada de costas para entre as suas pernas se meter. Beijou a nuca, desceu aos seios e mordiscou cada bico dos mamilos. Lambeu os seios e riscou com a língua ávida de tesão o corpo até se embrenhar por entre as coxas e ali ficar por um longo tempo ao sabor dos gritinhos da parceira.Tive ímpeto de surgir de entre aquela fumaceira fingindo ser o gênio da garrafa. Das garrafas de cerveja que tomavam. Mas nada fiz, a não ser fechar a porta que eu deixei escancarada atrás de mim. Numa infelicidade atroz ela fez barulho ao ser fechada. Paulo perguntou quem estava ali e eu me apresentei fingindo não notar que ambos estavam nus, mesmo sabendo que disso nem eles mesmos se lembravam. Sua mulher perguntou se eu já tinha tomado banho e que se a resposta fosse negativa, o chuveiro dela estava à minha disposição. Sem demonstrar pasmação da parte do seu marido, aceitei e lá fiquei até que eles se dignassem voltar ao quarto onde deitaram pra dormir, comigo entre os dois.

14 comentários:

  1. Quando possivel confere material
    enviado.

    ResponderExcluir
  2. Passando para uma visita :)

    Beijokas em seu coração Silvio!

    Verinha

    ResponderExcluir
  3. EITA PORRA! ME SENTI UM VOYER, LENDO ESSE POST HEHEHEHEHEHE

    Duskarai velho....

    ResponderExcluir
  4. Me faltam palavras ,pra agradecer sua atenção
    comigo.
    Ser sua amiga é um presente de Deus na minha vida.
    Agradeço a cada uma de suas visitas todas
    elas me deixaram muito feliz.
    Que seja abençoada por Deus nossa amizade para sempre.
    Desejo um feliz final de semana beijos com infinita ternura e paz..
    Evanir..

    ResponderExcluir
  5. vc escreve muito bem..
    prende-me a atenção, com um final sempre surpreendente..ou um começo?

    bjs.Sol

    ResponderExcluir
  6. Lo último tendré que traducirlo en sonidos..olores y piel.. :) Me gusta el erotismo que deja la casualidad.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Não esse, mas o que fiz no domingo.N recebeu?
    Vou passar a noite revisando o brisa...

    ResponderExcluir
  9. Silvio, vim agradecer a visita e aproveitei para ficar. Fiquei impressionada com o seu texto. Prende a atenção e temos que nos conter para não acelerar a leitura a fim de descobrir logo o final.


    Bjs e volte sempre
    Luiza
    Luiza
    www.barracodevidro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Hola amigo!

    Perfeito seu conto.

    Perdoe minha ausência no bate e volta. Vou colocar as tarefas em dia, prometo.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  11. Olá:

    Os seus textos prendem a atenção. Parabéns.
    Agradeço que curta meu facebook.

    Um beijo.

    Nita

    ResponderExcluir
  12. Olá:

    Os seus textos prendem a atenção. Parabéns.
    Agradeço que curta meu facebook.

    Um beijo.

    Nita

    ResponderExcluir
  13. Adorei profundamente o seu blog. Esse seu post prende de verdade a nossa atenção. Parabéns
    Saudações...

    ResponderExcluir
  14. Epa!!!!! Ah que eu também gosto do cheiro e a brasa no escuro foi bela introdução!!!!
    Muito bom!!!!

    ResponderExcluir


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.