sexta-feira, 26 de novembro de 2010

DESCALÇO NO DESERTO.

Eu não tenho o hábito de falar da minha vida e não vai ser hoje que eu vou confidenciar as minhas intimidades, mesmo atravessando, como estou, o maior oásis da minha vida, que aparentemente, não tem graça, mas tem sombra e água fresca, tem piso firme e macio para os meus pés e um teto de estrelas sobre mim. Tenho aonde amarrar a rede e carne de coco para matar a fome. Tudo orgânico.
Talvez eu tenha deixado que se fosse da minha vida, alguém com quem eu gostaria de compartilhar esta aventura. Caminho de areia e calor, com um sol para queimar os pés, e a pele pintar de ouro durante o dia e frio ao anoitecer.
O resto é lembrar os tempos de menino quando fazer tudo eu podia em troca dos estudos e da obediência. Não me lembro mais de nada além do que falei. Não me cobrem a presença dos meus filhos, pois, o direito da escolha é pertinente ao cidadão. Foi assim que eu os criei. A mulher que eu amo não se foi porque nunca “se” veio; ela nasceu e vive em mim. É um apêndice do meu coração, um puxadinho arquitetônico do meu peito e o resto é o mormaço que reflete na areia o vai e vem das ondas do mar revolto.
silvioafonso

17 comentários:

  1. Oi, meu querido.
    As lembranças são sempre eternas, principalmente quando são lembranças boas... Lindo isso, "A mulher que eu amo nasceu em mim" (só resumindo). Lindo post. Aliás, você sempre escreve textos belíssimos, por isso que o Lupo lhe elogiou tanto. E vc falou no meu blog, sobre o fato de seguir o seu. Eu já estou seguindo faz tempo, procura direitinho, kkkkkkkkk. E sigo porque realmente acho que você escreve com o coração, e não há nada mais bonito do que isso. Beijão, fica com Deus meu novo amigo

    ResponderExcluir
  2. Sempre falamos um pouco de nossa vida... Um abraço!

    ResponderExcluir
  3. Olá, moço!

    "O deserto que atravessei
    Ninguém me viu passar
    Estranha e só
    Nem pude ver que o céu é maior..."
    (Zélia Duncan)

    Adoro essa música, resume muita coisa, ou tudo.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  4. mesmo que nao fale diretamente sobre voce, tudo o que escreve É voce! é voce nos momentos de alegria ou tristeza, nos momentos de reflexao, desabafo, saudade...
    lindo seu texto.
    bom fim de semana pra ti, beijao

    ResponderExcluir
  5. ...querido palhaço poeta,

    não somos nós que dizemos
    as palavras,
    e sim são elas que nos dizem.

    e ponto e basta!!!

    adoro te ler!

    bjbj

    ResponderExcluir
  6. paso a saludar y a leer un poco lo atrasado que tengo por aqui, te dejo un beso
    chao

    ResponderExcluir
  7. Porque penso que sei tanto sobre você?

    Sim, é um você que existe em mim (e existem outros vocês nas pessoas que gostam de passar aqui), moldado pelos detalhes que pego em seus escritos e palavras.

    É muito mais fácil dizer tudo não sendo direto. Sinta-se nú.

    ResponderExcluir
  8. Olá, amigo!
    Que texto maravilhoso! Identifiquei-me com sua forma de enxergar os momentos da vida e as pessoas que compartilham do caminho da vida.O texto é suave e cheio de sabedoria!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  9. Olá Palhaço Poeta... acabei de conhecer seu blog... me apaixonei pelas poesias!
    Parabéns pela postagem, belos os teus poemas, tua sensibilidade.
    Conheça meu espaço...
    Visitando...Seguindo...

    Receba um abraço!

    ResponderExcluir
  10. Obrigada pelo carinho e fique com Deus!
    Receba um grande abraço!
    Bjkas

    ResponderExcluir
  11. Ola...
    passando pra deixar minhas
    cores e flores.

    ResponderExcluir
  12. Silvio

    Passei aqui pensando em agradecê-lo por tuas lindas palavras deixadas em meu blog e me deparo com suas mais lindas ainda palavras. Neste post.
    Coisa mais linda mesmo! Aqui me encantei. "A mulher que eu amo não se foi porque nunca se veio; ela nasceu e vive em mim." Poxa, que coisa mais bonita!

    Agradeço a oportunidade de conhecê-lo

    Beijos

    Carla

    ResponderExcluir
  13. Silvio querido, coloquei o endereço do seu blog hj no meu post. Recebi um selo-prêmio que pedia p eu escolher os sete blogs da Internet que eu mais gosto, e q se quiserem poderão tbm postar o selo-premio. olha não se sinta obrigado a receber o selo, mas receba o elogio porque é merecido. Bjos

    ResponderExcluir
  14. Olá Silvio, vim retribuir a visita, que bom que deixou um recadinho no meu blog, espero que volte mais vezes, será muito bem-vindo!
    Já estou te seguindo, um abraço.

    ResponderExcluir
  15. Silvio,

    Surpresa eu fiquei ao ler um comentário tão doce e poético no meu blog. Foi um prazer receber você!

    Por aqui naveguei e de tudo gostei.

    Obrigada pela sua visita e pelo cometário tão carinhoso!

    Abraços,

    Erica

    ResponderExcluir
  16. Recordações e personalidade nas palavras..sentimentos bonitos um vai e vem do que se tem para oferecer.

    Adorei Este escrito cheio de sentimentos.

    Rachel omena

    ResponderExcluir


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.