segunda-feira, 6 de setembro de 2010

VIVENDO OS MEUS SONHOS...

Pensei que ardesse em febre, que crepitasse como as labaredas que viram e reviram o verso e o anverso queimando as suas roupas e colorindo de alegria o cinza dos seus desejos. Por isso eu pensei que já fosse noite no seu dia, que padecesse de alegria e que o nervo exposto lhe tirasse o ar e intumescesse o seio, que o gosto pelo amargo pusesse água em sua boca e que de tesão varasse o gelo adentro e se pusesse efervescendo às margens de um despenhadeiro. Que isso fosse a vida e não o sonho que de suor molhou a minha roupa e me deixou assim, ereto de emoção.
silvioafonso.

6 comentários:

  1. É muito bom estar aqui te lendo novamente !!! Mil beijos!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Olá.... existo sim...
    e como!!!!
    Apenas dei um tempinho, mas logo voltarei...
    Vim buscar aqui... minha inspiração
    Adorei o que li...
    Beijos
    Marilis

    ResponderExcluir
  3. Já estou seguindo também, sempre que puder estarei por aqui.
    abraços!

    ResponderExcluir
  4. Já estou seguindo também, sempre que puder estarei por aqui.
    abraços!

    ResponderExcluir
  5. Olá Poeta querido!
    Quanto desejo cheio de emoção e sensualidade... Amei...
    Bj, Boa noite e otima semana .

    ResponderExcluir
  6. Sempre mandando muito nas penas hein amigo? To por aqui tbém, a seguir-te maravilhado com sua facilidade em escrever. Se não fosse a Kelly não te acharia. Um forte e carinhoso abraço.

    ResponderExcluir


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.