quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

EM PEQUENOS FRASCOS, GOTAS DE AMOR...

Foi lindo.
O pai marcou, não veio. Briguei com os meus pares sem mesmo saber que o mediador desta contenda seria a pequenina Gabi; relaxei, me rendi.
Ela chegou trazendo na bagagem a mãe, o pai e sua avó a tira colo, ou bota colo, como queiram. Pequenina de tamanho e idade, porém grande Gabi no amor de cada um.
Todos os reis e marechais, princesas e herois tiveram o tamanho que tem a Gabi. Todos foram Gabi um dia e tiveram o privilégio de por sobre o seu sorriso, sorrisos maiores e mais bonitos o sobrepuseram. Sorriso largo e sincero de parentes, amigos e amores. É muito fácil tomá-la ao colo para dizer-lhe palavras que nem mesmo quem a tem nos braços entende. Gabi sorri. O mundo sorri para Gabi e o futuro se esmerando na preparação de uma vida linda, cheia de graça e de flores, que, certamente cobrirão seus passos, onde quer que possa ir.
Louvado seja Deus no céu e Gabi aqui na terra, entre nós.

silvioafonso.

6 comentários:

  1. Natal...
    É o mês de confraternização Agradecimento pela vida
    Bênçãos ao filho de DEUS
    União, amor, reflexão!

    Que o bom velhinho traga um saco cheinho de paz,
    harmonia, fraternidade
    Que o gesto de ternura se estenda de várias mãos
    Que ao som dos sinos
    O amor exploda em toda direção!

    FELIZ NATAL!
    UM ANO NOVO DE FÉ E SUCESSO!

    ResponderExcluir
  2. Lindo e q seja muito bem vinda a Gabi trazendo ainda mais harmonia, amor e paz aos seus familiares.
    E a vc meu querido poeta, um Natal de muita luz e paz. Não esqueçamos o sentido maior desta data: o nascimento de Cristo tb em nossos corações!
    Feliz natal e um bjão bem especial pra vc!
    Isabela Xavier.

    ResponderExcluir
  3. E AÍ POETA???...É Natal...

    Façamos de nossa vida uma extensão da noite de Natal,
    renascendo continuamente em amor e fraternidade.

    Natal, noite de alegria, Canções, festejos, bonança.

    Que seu coração floresça Em amor e esperança!

    FELIZ NATAL PRA VOCÊ E TODOS OS SEUS...UM ABRAÇO A TODOS...

    LINDOOOOOO...PARABÉNS!!!

    ResponderExcluir
  4. Receita de ano novo 
    de Carlos Drumond de Andrade
     

    Para você ganhar belíssimo Ano Novo 
    cor do arco-íris, ou da cor da sua paz, 
    Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido 
    (mal vivido talvez ou sem sentido) 
    para você ganhar um ano 
    não apenas pintado de novo, remendado às carreiras, 
    mas novo nas sementinhas do vir-a-ser; 
    novo 
    até no coração das coisas menos percebidas 
    (a começar pelo seu interior) 
    novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota, 
    mas com ele se come, se passeia, 
    se ama, se compreende, se trabalha, 
    você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita, 
    não precisa expedir nem receber mensagens 
    (planta recebe mensagens? 
    passa telegramas?) 
     

    Não precisa 
    fazer lista de boas intenções 
    para arquivá-las na gaveta. 
    Não precisa chorar arrependido 
    pelas besteiras consumidas 
    nem parvamente acreditar 
    que por decreto de esperança 
    a partir de janeiro as coisas mudem 
    e seja tudo claridade, recompensa, 
    justiça entre os homens e as nações, 
    liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, 
    direitos respeitados, começando 
    pelo direito augusto de viver. 
     

    Para ganhar um Ano Novo 
    que mereça este nome, 
    você, meu caro, tem de merecê-lo, 
    tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, 
    mas tente, experimente, consciente. 
    É dentro de você que o Ano Novo 
    cochila e espera desde sempre.

    Que em 2010 Deus o abençôe com saúde, paz, muito amor e um bom trabalho!
    abraço

    ResponderExcluir
  5. Poeta,
    Que em 2010, possamos encontra "EM PEQUENOS FRASCOS" muito amor, paz, saúde, vitórias, desafios, conquistas.
    E que você continue nos emocionando com seus escritos.
    Abraços

    ResponderExcluir


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.