segunda-feira, 16 de julho de 2007

LEANDRO GASETA.

Faço o que você pedir, presto-me ao que você quiser.
Sento-me à sua mesa ou guardo o seu lugar na minha.
Participo do muito que lhe sobra ou divido o pouco
que mal dá pra mim.
Eu quero é estar por perto, fazer de qualquer jeito desde
que neste jeito estejamos eu e você.
Fui e sou do seu pai um amigo e desde os tempos idos,
seu, eu sou um crente. Torço pelo sucesso que lhe
bate à porta e exulto no concreto desse ideal.


silvioafonso

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.