domingo, 24 de junho de 2007

TROUXE UM COLO...

Pensei tanto em vós que resolvi aparecer para saber
como vós íeis. Parece que vós andastes chorando. Quem
teria deixado essa vaga no mar de vossa vida? Não, não
digais. Deixeis que eu cuido de vós , ficarei bem juntinho
como a loba faz com sua cria quando o tempo esfria e a
comida escasseia . Assim, fiqueis assim, quieta e não digais
nada. Não quero saber de coisas que não sejam o riso da
vossa alegria. Eu trago o meu ombro quente e o meu colo
amante só pra vos fazer melhor. Se dormirdes eu vos
levarei ao quarto com cuidado, cobrirei o vosso corpo num
abraço e beijarei o vosso rosto sem desejo. Quando despertar
notareis que um novo dia já se fez e que o sol que vos ofusca
os olhos é o mesmo que me pinta a pele pra onde eu vou.

silvioafonso

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.