sábado, 23 de junho de 2007

PALHAÇO OU CRIANÇA?

Sou bobo, esquecido, chato e engraçado às vezes. Tenho defeitos, tenho desejos, tenho saudades, mas tenho amor no meu peito pulsando a minha vida. Vivo em conflito de mim comigo só por querer muito que o tempo passe pra gerir a minha própria vida. Eu não imaginava que o preço fosse o viço da minha pele e o brilho dos meus olhos. Eu sei que mais hoje ou mais
amanhã eu não poderei brincar, correndo por entre as flores atrás de você. Maneira dura, mas doce e bonita de viver. Continuarei pagando por isso com o amor medroso e bonito que tenho pela mulher que sorriu pra mim por entre as flores. Por isso vivo o misto de palhaço e de menino.

sílvio Afonso

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.