segunda-feira, 25 de junho de 2007

O SAPO E A SERPENTE...

Preciso tanto me perder nesse encanto mesmo que eu morra.
Sinto-me atraído como o pequenino sapo que se apaixonou
pelo olhar morteiro da serpente. Necessito correr pra você,
ninguém me pede, eu sei. Mas eu preciso e quero. Quero vê-la
de perto e entender seus dentes. E se você abre a boca e me
diz que só assim eu alcanço à sua alma, eu confio e entro
mesmo que com isso você viva mais e sinta-se alimentada e
forte. Eu morrerei pensando que cheguei ao nobre desse gesto.
O meu coração só deixará de pulsar perto do seu e esta será a
maior prova do meu amor, por quem me devora.

silvioafonso

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.