sábado, 23 de junho de 2007

O PULSAR DO PULSO.

Era uma, cresceu e se fez em dupla e agora é uma
empresa. Quem será que tem o que escreve e quem
terá aonde postar o que escreveu? Não sei quem comigo
ri e chora e não entendo quem recomenda o texto e
encaminha o resto. Não duvido de quem não me deixa ler,
não entristeço por não saber da leitura contida porque estou

escrevendo para quem se deixa ficar entre uma palavra e
uma batida de sua própria pulsação.

silvioafonso

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.