segunda-feira, 25 de junho de 2007

FLOR DA PREGUIÇA.

Não custa nada me banhar no seu olhar
e esquecido como sou, sorrir do seu
sorriso pra chorar só amanhã de manhã

quando o sol me acordar.

Nem me importa que manque a mula ou
que o burro passe no vestibular.
Eu quero é roubar o néctar do beija-flor e
a pressa das preguiças se sobre as rubras
pétalas da rosa eu com você vou me deitar.

silvioafonso

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.