domingo, 24 de junho de 2007

DIA DAS MÃES...

Ah, querido amigo. No dia de hoje a saudade levará às
lágrimas muitos amigos meus. Eu sei da sua luta para não
estragar o dia de sua querida esposa. A sua tristeza será,
como eu o conheço bem, interna. Em dado momento você
fraquejará e uma lágrima fujona escapará ao seu controle.
Faça o impossível, mas sustente no rosto dos seus filhos
afelicidade de terem à sua mesa com eles, a beleza da mãe
e você.
A graça da mulher e a pureza do pai completam a família
abençoada nesta festa de alegria e saudades.

silvioafonso

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.