sábado, 23 de junho de 2007

VOCÊ APARECEU PRA MIM...

Busquei o meu caminho sem o direito de escolher.
Pisei a grama verde, serenada e cheirosa das manhãs.
Maculei algumas flores que esquecidas da criança
pendiam da beira pros caminhos. Curti a pele do meu
corpo no amarelo avermelhado da estrela maior e fiz
embranquecer os pêlos com o brilho intenso dessa luz.
Poeira, lama, frio, beleza e dor. Todos os momentos eu
vi e senti por onde andei. No momento em que me vi
pronto para o descanso, eu encontrei você. A beleza do
sol e o carinho da luz, o tempero da chuva e o cheiro da
terra molhada, o nascer do dia e o pôr-do-sol, nada.
Nada se aproximou do amor que em mim nasceu quando
os seus olhos eu vi e a sua boca eu beijei, pela primeira
vez.

silvioafonso

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.