terça-feira, 26 de junho de 2007

ANA CAROLINA...

Tu não fazes idéia do que é ouvir Ana Carolina e ser
obrigado a ficar pensando em ti. Um vazio ou uma
tempestade deságua no meu peito me levando às raias
da loucura.
Que dor, meu Deus! Como a tua presença me faz falta.
E o pior é que ela não pára de cantar, a sua música não
tem fim; começa quando menos eu penso e perdura em
minha cabeça pelo resto do dia enveredando noite
adentro. Eu não sei mais o que fazer para cessar esta
doença que és tu. Eu não tenho pena de mim eu estou é com
uma saudade tão grande que quaisquer outros sentimentos
por menor que sejam não caberiam no meu peito. Estou
cheio de tua ausência e morrendo de amor que por ser teu,
eu não posso e não quero dar pra mais ninguém.

silvioafonso

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.