sábado, 23 de junho de 2007

AGRADECIMENTO DIVINO.

Obrigado senhor por socorrer quem mais precisava de ti.
Eu arrumava as minhas malas quando as portas se abriram
à minha partida e ela chegou. Chegou e se deixou ficar nos
meus braços, num grande abraço e eu cerrei meu olhos e a
beijei na boca. Obrigado senhor, por permitires que a minha

alegria e a esperança voassem alto e sem medo num esvoaçar
brejeiro para o pouso suave e derradeiro no galho do amor.

silvioafonso

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Diga o que quiser do jeito que você souber.




.